STF: 3 ministros votam para tornar bolsonarista ré por uso de arma nas ruas de SP

Publicado em por em Justiça, Política

STF: 3 ministros votam para tornar bolsonarista ré por uso de arma nas ruas de SP
Carla Zambelli, deputada bolsonarista: conduta julgada pelo STF em plenário virtual. Foto: Reprodução

Três ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) votaram nesta sexta-feira (11) a favor de tornar ré a deputada federal Carla Zambelli (PL-SP) sob acusação dos crimes de porte ilegal de arma de fogo de uso permitido e de constrangimento ilegal com emprego de arma.

De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, a acusação do Ministério Público Federal foi feita após o episódio em que a deputada sacou e apontou uma arma para um homem no meio da rua em São Paulo, em 29 de outubro do ano passado, na véspera do segundo turno das eleições.

O julgamento do Supremo, iniciado nesta sexta, acontece até o dia 21 de agosto, em plenário virtual, plataforma onde os ministros apresentam os seus votos durante um determinado período.

Até as 18h desta sexta, haviam votado a favor do recebimento da denúncia contra Zambelli os ministros Gilmar Mendes, relator do processo, Alexandre de Moraes e Cármen Lúcia.

Além da condenação pelos dois tipos penais, a PGR pede que a parlamentar seja obrigada a pagar R$ 100 mil por danos coletivos e que seu porte de arma seja cancelado definitivamente. A pena para o porte ilegal varia de dois a quatro anos de reclusão, mais pagamento de multa.

Quanto ao constrangimento ilegal, vai de três meses a um ano, tempo que pode ser ampliado em razão do uso de arma.

Ao ser denunciada, a defesa da deputada disse que no processo seria demonstrado “quem foi a vítima e o verdadeiro agressor nos eventos ocorridos”. Ela tem afirmado que agiu em legítima de defesa.

Com informações da FSP

— O JC também está no Telegram. Siga-nos e leia notícias, veja vídeos e muito mais.


Publicado por:

Uma comentário para

  • Isso não vale de nada, pois a comissão de ética, como voto petista, decidiu que nem essa e NIkolindo, tem culpa de nada e nenhum punição terá efeito

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *