Vara do Trabalho em Santarém é a pior do Pará e Amapá em eficiência, aponta CNJ, Justiça do Trabalho
Santarém tem duas varas de trabalho

A 1ª Vara do Trabalho em Santarém saiu mal na foto do novo IGest (Índice Nacional de Desempenho da Justiça do Trabalho), criado pelo CNJ (Conselho Nacional de Justiça) e que avalia o desempenhos de todas as varas do país em relação aos indicadores como celeridade, acervo, produtividade, taxa de congestionamento e força de trabalho.

Na contramão de varas como a 17ª e 7ª, ambas em Belém, e que lideram o ranking nacional (1º e 2º lugares, respectivamente), a 1ª vara ocupa o 1.062º lugar de um total de 1.568 unidades em todo o território brasileiro.

É a pior vara em eficiência do TRT8 (Tribunal Regional do Trabalho), 8ª Região, com jurisdição sobre as VTs do Pará e Amapá. E uma das piores da região Norte.

A eficiência da 1ª vara é de ladeira abaixo. Em 2017, ela ocupava a 1.006ª posição do ranking. Caiu 56 posições.

A outra vara em Santarém, a 2ª, por outro lado está entre as 100 melhores do país. Ocupa a 93ª colocação. Mas já esteve bem melhor no ano passado.

O novo IGest tem como período de referência 1º julho de 2017 até 30 junho de 2018. O anterior – o primeiro da série – saiu no março deste ano.

Confira o desempenho das varas do oeste do Pará nos dois IGest:

SANTARÉM

— 1ª Vara
IGest 2017: 1.006º lugar
IGest 2018: 1.062º

— 2ª Vara
IGest 2017: 55º lugar
IGest 2018: 93º

ITAITUBA

— 1ª Vara
IGest 2017: 654º lugar
IGest 2018: 699º

ALTAMIRA

— 1ª Vara
IGest 2017: 594º lugar
IGest 2018: 499º

ÓBIDOS

— 1ª Vara
IGest 2017: 59º lugar
IGest 2018: 143º

Neste link, confira o ranking nacional de 2017.

E neste link, de 2018.

Leia também:
Tribunal do Trabalho promove juiz substituto para titular da Vara de Itaituba

  • 1
    Share

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

Um comentário em: Vara do Trabalho em Santarém é a pior do Pará e Amapá em eficiência, aponta CNJ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Leitor que não é apadrinhado disse:

    Jeso, a 1ª vara do trabalho de Santarém não é Fiscalizada pela Corregedoria do TRT-8 pois a Juíza titular é a Senhora Ana Angélica Bentes, abastada, filha do Desembargador Elisiário Bentes, ou seja, tem a costa larga e faz com que seja essa vergonha que é a vara, atraso de sentenças são comuns ali, todos estamos acostumados com essa justiça que não pune esses juízes. faz parte, quem tem padrinho nos órgãos sabe a vergonha que é.