Doxa aponta cenário polarizado entre Zé Filho e Patrícia para Prefeitura de Rurópolis

Publicado em por em Pará, Política, Rurópolis

Doxa aponta cenário polarizado entre Zé Filho e Patrícia para Prefeitura de Rurópolis
Zé Filho e Patrícia: cenário polarizado em Rurópolis. Foto: Arquivo JC

Nova pesquisa Doxa para Prefeitura de Rurópolis (PA), a primeira do ano e registrada na Justiça Eleitoral, aponta para um cenário acirrado entre Zé Filho (PP) e Patrícia Cavichioli (Avante) para o cargo. O atual prefeito Taká (MDB) foi reeleito em 2020 e está impedido por lei de disputar o 3º mandato consecutivo.

Zé Filho tem 34,4% das intenções de voto, enquanto que Patrícia, 32,6% – registrando um empate técnico, já que a margem de erro do levantamento é de 4,9%, para mais ou para menos. A terceira posição é ocupada pelo vice-prefeito, Neném da Serraria (MDB), que aparece com 12,8%.

A pesquisa está registrada sob o nº PA-01009/2024 e foi realizada neste mês, de 15 a 18, em todos os bairros da cidade e em comunidades da zona rural. A amostra é de 400 eleitores.

Espontânea

Na pesquisa espontânea, em que não se mostra os nomes de pré-candidatos, foi detectado que é muito grande, ainda, o número de eleitores flutuantes, isto é, que não sabem em quem votar ou que pretendem anular o voto. Esses eleitores flutuantes chegam a somar 73,3%.

Os números já mostram, porém, o processo de polarização entre duas pré-candidaturas: Zé Filho, que aparece com 12,6%, e Patricia Cavichioli (8,7%).

O vice-prefeito Neném da Serraria está com 3,7% das intenções de voto. O prefeito Taká cravou 1,0% e Adailton, 0,7%.

Estimulada

Quando se estimula os possíveis nomes a prefeito, Zé Filho e Patrícia ficam empatados tecnicamente: Zé Filho, 34,4% e Patrícia, 32,6%.

Neném da Serraria, em 3º lugar, fica com 12,8%. Os indecisos e aqueles que pretendem votar em branco
ou anular o voto somam 20,2%.

Doxa aponta cenário polarizado entre Zé Filho e Patrícia para Prefeitura de Rurópolis

Rejeição

Quando se trata de rejeição, a pesquisa detectou um índice muito alto de eleitores que não rejeitam nenhum dos pré-candidatos a prefeito de Rurópolis.

Neném da Serraria e Zé Filho ficam com rejeição de 7,0%, cada. Patrícia fica com uma rejeição de 6,3%. Outros 9,7% não se manifestaram.

Avaliação

O governo do prefeito Taká é aprovado por 73,0% dos eleitores de Rurópolis, enquanto sua desaprovação chega a 22,3%. Outros 4,7% não se manifestaram.

→ Análise da pesquisa feita pelo cientista político Dornélio Silva:

“O cenário político-eleitoral em Rurópolis, a partir dessa primeira pesquisa oficial da Doxa, que testou três nomes, começa a afunilar entre dois competidores: Patrícia Cavichioli e Zé Filho, que perdeu para Taká a eleição de 2020.

O principal eleitor de Rurópolis é o prefeito Taká, que está sendo bem avaliado pelos eleitores, como demonstram as pesquisas realizadas pela Doxa. Nesta, ele aparece com 73% de aprovação. O prefeito vem testando nomes, já se manifestou, anteriomente, dizendo que seu candidato seria o empresário Canela.

No entanto, a população ficou recuada, não atendeu ao apelo do prefeito, tanto que nas pesquisas Canela teve índices de crescimento bem aquém do esperado.

Agora Taká apresenta outro nome como seu sucessor, seu vice, Neném da Serraria. A pesquisa mostra que mesmo com o apoio de Taká, Neném tem pouca densidade eleitoral, ficando a polarização entre Patrícia e Zé Filho.

Patrícia vem numa crescente, enquanto Zé Filho vem perdendo seu potencial eleitoral ao longo do tempo.

As convenções só serão realizadas em julho. Até lá o prefeito Taká terá que fazer boas avaliações do cenário eleitoral e tomar uma decisão definitiva sobre as eleições e seu candidato. O jogo, agora, já começou em Rurópolis. Esperemos os próximos capítulos.

Com informações e números da Doxa

— O JC também está no Telegram. E temos ainda canal do WhatsAPP. Siga-nos e leia notícias, veja vídeos e muito mais.


Publicado por:

Uma comentário para

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *