Na virada do ano, Patrícia ultrapassa Zé Filho para Prefeitura de Rurópolis, revela Doxa

Publicado em por em Pará, Rurópolis

Na virada do ano, Patrícia ultrapassa Zé Filho para Prefeitura de Rurópolis, revela Doxa
Patrícia e Zé Filho: o jogo agora começou em Rurópolis, segundo a Doxa. Foto: Reprodução

A Doxa divulgou neste sábado (30) sua última pesquisa eleitoral de 2023 realizada no município de Rurópolis (PA), cidade com 35.769 mil habitantes localizada no sudoeste paraense. A última fotografia do ano do cenário eleitoral do município mostra Patrícia Cavichioli (Avante) ultrapassando o empresário Zé Filho (PP).

O instituto mostra também a evolução histórica da aprovação/desaprovação dos governos do prefeito Taká (MDB) e do governador Helder Barbalho (MDB).

A pesquisa foi realizada no período de 28 a 30 deste mês em todos os bairros da cidade e nas comunidades da zona rural. A amostra é de 400 eleitores, tendo uma margem de erro de 3,5%, para mais ou para menos dos resultados obtidos na pesquisa.

Aprovação/desaprovação: Taká

Na série histórica de aprovação e desaprovação do governo Taká, as pesquisas mostram que em dezembro de 2022 a gestão estava com aprovação de 72,2%, enquanto sua desaprovação chegava a 27,8%.

Já em abril de 2023, há uma queda na aprovação de Taká, caindo para 63,0% e a desaprovação foi para 32,0%. Em junho, houve uma recuperação na aprovação, elevando-se para 77,1%; a desaprovação caiu para 20,2%.

Em novembro, há novamente uma queda na desaprovação, indo para 73,0% e a desaprovação subiu para 22,0%. Agora, na última pesquisa do ano, percebe-se uma estabilidade na avaliação do governo: 73,1% aprovam, enquanto 24,1% desaprovam.

Aprovação/desaprovação: Helder

Em se tratando da aprovação e desaprovação do governador Helder em Rurópolis neste ano, em junho a aprovação de Helder era de 68,9% e sua desaprovação chegava a 22,3%.

Em novembro, há uma queda na aprovação do governador, chegando a 60,2%. Sua desaprovação subiu para 31,7%.

Finalizando o ano de 2023, a avaliação de Helder em Rurópolis continuou em queda, estacionando em 55,5%. A sua desaprovação subiu para 36,7%.

Espontânea

A pesquisa avaliou alguns nomes de políticos à sucessão de Taká. Primeiramente, na questão espontânea, em que não se mostra os nomes de pré-candidatos, a pesquisa detectou que é muito grande, ainda, o número de eleitores flutuantes, isto é, que não sabem em quem votar ou que pretendem anular o voto.

Esses eleitores flutuantes chegam a somar 58,3%. No entanto, os números já mostram o processo de mudança de posição de pré-candidatos na polarização existente entre Patricia Cavichioli e Zé Filho.

Agora, nessa última rodada, Patrícia se posiciona à frente com 19,7% das intenções de voto. Em segundo lugar vem Zé Filho com 17,5%. Canela está com 2,7% de intenções de voto; Neném, 0,9%; Taká, 0,6% e Adailton Capixaba com 0,3%.

Na virada do ano, Patrícia ultrapassa Zé Filho para Prefeitura de Rurópolis, revela Doxa

Estimulada

Quando se estimula os possíveis nomes a prefeito de Rurópolis, Patrícia fica em primeiro lugar com 30,3% de intenções de voto; o segundo colocado é Zé Filho que aparece com 28,1%.

Canela ficou com 6,8% e Adailton Capixaba com 2,1%. Mesmo estimulando os possíveis nomes, o índice de eleitores flutuantes ainda permanece alto: 32,7%.

Na virada do ano, Patrícia ultrapassa Zé Filho para Prefeitura de Rurópolis, revela Doxa

Série histórica

A Doxa mostra a série histórica das quatro pesquisas realizadas e publicadas em Rurópolis em 2023 com os três principais competidores desse jogo político.

Zé Filho em abril tinha um percentual de 36,7% das intenções de voto; na pesquisa de junho ele sofre uma pequena queda indo para 32,5%.

Na pesquisa de novembro, Zé Filho, cai 2,7 pontos, chegando a 29,8%. Zé Filho fecha o ano em queda, estacionando em 28,1%.

Por outro lado, Patrícia sai na primeira pesquisa com 19,8%, chegando em junho com 22,5%. Em novembro ela chegou ao patamar de 25,2%, ficando a 4,6 pontos de diferença do primeiro colocado.

Agora, Patrícia finaliza o ano com um índice de 30,3%. Por sua vez, Canela tem tímido crescimento saindo de 3,4% na primeira pesquisa de abril, chegando agora depois de oito meses a atingir apenas 6,8%.

Rejeição

Quando se trata de rejeição, Adailton Capixaba é o mais rejeitado, aparecendo com 22,8% de eleitores que não votariam nele de jeito nenhum.

Zé Filho e Canela aparecem em segundo lugar como os mais rejeitados, 12,2% e 12,1%, respectivamente. Patrícia é a menos rejeitado com 3,3% de eleitores que não votariam nela.

Na virada do ano, Patrícia ultrapassa Zé Filho para Prefeitura de Rurópolis, revela Doxa

Análise da pesquisa. Por Dornélio Silva, cientista político

A última pesquisa de 2023 da Doxa realizada no município de Rurópolis mostra um cenário de mudanças no tabuleiro eleitoral.

Patrícia Cavichioli, que vem polarizando com Zé Filho, apresenta potencial de crescimento. Nessa pesquisa, ela já ultrapassa Zé Filho, chegando a 30,3%. A série histórica já mostrava que Zé Filho vinha perdendo densidade eleitoral, chegando agora com 28,1%.

As mudanças no cenário político se dão por fatos: a pesquisa mostra uma estabilidade na aprovação do prefeito Taká, mas por outro lado, mostra uma desaprovação em alta de Helder Barbalho no município. Isso pode sinalizar mudanças aos candidatos apoiados por esses líderes.

A pesquisa indicou que Zé filho perdeu densidade eleitoral e aumentou sua rejeição. O prefeito Taká está recuado nesse processo eleitoral até então. Tentou emplacar um candidato, Canela; mas Canela patinou nas pesquisas.

Sabemos que Taká é o grande eleitor de Rurópolis e continua bem avaliado pelos eleitores como demonstram as pesquisas realizadas pela Doxa.

Analisando com mais detalhes essa última pesquisa e fazendo o cruzamento de dados entre a intenção de voto e a rejeição dos dois principais competidores, vamos verificar o seguinte: Patrícia tem uma intenção de voto de 30,1% e uma rejeição de 3,3%.

Diminuindo a intenção de voto menos a rejeição, Patrícia fica com um saldo positivo de 26,8 pontos. Por outro lado, fazendo a mesma equação com Zé Filho, intenção de voto menos rejeição, ele obtém um saldo positivo de 15,9 pontos.

Isso significa que Patrícia tem maior potencial de crescimento do que Zé Filho. O jogo, agora, já começou em Rurópolis. 2024 promete.

Com informações e números percentuais da Doxa

— O JC também está no Telegram. E temos ainda canal do WhatsAPP. Siga-nos e leia notícias, veja vídeos e muito mais.


Publicado por:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *