Foto – Vítor Silva
Botafogo x Resende
Jobson, paraense ex-jogador do Botafogo

A Polícia Civil do Pará concluiu que as quatro meninas, com idade entre 12 e 14 anos, foram estupradas na chácara do ex-atacante do Botofogo Jobson, 28, em Conceição do Araguaia, no Pará.

O atacante Jobson nega os crimes, e pede que sejam feitos mais exames para provar sua inocência.

Leia também – Delegado que investiga escândalo de corrupção em Juruti é transferido sem concluir o inquérito.

Além de Jobson, que está suspenso do futebol até 2019, mais dois amigos dele também teriam participado. Os três já estão presos no Pará.

Segundo a polícia, as meninas foram induzidas a consumir bebidas alcoólicas na propriedade do atacante. A conclusão da autoridade policial vem mesmo depois de uma das adolescentes ter voltado atrás em um depoimento, dizendo não ter feito sexo na festa em questão, no início deste mês.

Manter relações sexuais com menores de 14 anos é considerado crime de “estupro presumido” no Brasil. Pela lei penal brasileira, uma pessoa menor de 14 anos não possui o discernimento necessário para decidir manter uma relação sexual, esteja ela ou não em estado alterado por álcool e drogas.

Leia mais em Polícia conclui que 4 meninas foram estupradas em festa do jogador Jobson.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *