Bolsonaro libera cultos nas igrejas em meio a pandemia de coronavírus

O presidente Jair Bolsonaro assinou decreto que torna as atividades religiosas de qualquer natureza parte da lista de atividades essenciais na pandemia da covid-19 – doença causada pelo novo coronavírus.

Determina, no entanto, que as orientações do Ministério da Saúde sejam cumpridas. O texto foi publicado na edição do DOU (Diário Oficial da União) desta quinta-feira (26).

 

Quando um serviço é considerado essencial, ele está autorizado funcionar mesmo com as restrições de isolamento impostos pela quarentena.

Na última sexta-feira (20) a lei que dispõe sobre a quarentena foi alterada por uma Medida Provisória que determinou que o funcionamento de serviços públicos e atividades essenciais devem continuar funcionando mesmo no período de isolamento.

O texto, assinado por Bolsonaro, diz que quem define quais são os serviços considerados essenciais é o presidente da República – ou seja, ele mesmo – por meio de decreto.

Orientação da OMS

Boa parte do país está em isolamento seguindo recomendações da OMS (Organização Mundial da Saúde), do Ministério da Saúde e dos governos estaduais. A orientação é que os comércios fechem e só abra o que for essencial

O presidente Bolsonaro é contra estender as medidas de isolamento a toda população. Defende que a quarentena deve se restringir a idosos e pessoas com comorbidades.

Leia a íntegra do decreto.

Com informações do site Poder360

— LEIA também: Covid-19: Prefeitura de Oriximiná decreta toque de recolher para evitar contágio

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

Um comentário em: Bolsonaro libera cultos nas igrejas em meio à pandemia de coronavírus

  • quando a crentalhada pegar o coronavirus corram para as igrejas e deixem os leitos para os ateus como eu !!!!!! ô raça !!!!!!!!!!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *