Governo ainda paga DAS à servidora afastada

Publicado em por em Política

Apesar de ser afastada da direção da Adepará/Baixo Amazonas, por decisão judicial (liminar), a médica veterinária Cinthia Sobral continua a comandar informalmente alguns servidores da agência.

Leia também:
Caso Sirsan-Adepará: desvio de R$ 100 mil.
Sirsan e Adepará “arrombam” os cofres públicos.

Pior: ela ainda recebe o DAS 4 (cerca de R$ 3 mil) por conta do cargo que ela já não ocupa.

Cinthia Sobral é acusada de improbidade administrativa pelo MP (Ministério Público) do Pará. Ela teria agido criminosamente em conluio com o empresário do ramo de auto-peças Adinor Batista, atual vice-presidente do Sirsan (Sindicato Rural de Santarém).


Publicado por:

2 Comentários em Governo ainda paga DAS à servidora afastada

  • Uma vergonha mesmo!!!

    Do geito que a justiça é lenta, ela vai ficar mamando esse DAS por anos afim sem trabalkhar.

    Isso é uma piada se não fosse caótico!!!!!!!!!

  • Companheiro Jeso, peço que publique o nosso ato.

    Na ultima quarta-feira cerca de 200 acadêmicos da UFOPA saíram às ruas santarenas para protestarem em favor de ônibus, estrutura e segurança. Durante o percurso paramos o transito em dois cruzamentos de grande movimentação onde ocorreram falas de protesto contra a Prefeita Maria do Carmo pelo abandono a comunidade acadêmica da UFOPA com falta de transporte público que possibilitaria acesso a universidade e falas de repúdio ao REItor da UFOPA pelo descaso e abandono em que se encontra a universidade. Entoados com palavras de ordem do tipo “Estudantes na rua, Maria a culpa é tua!” e Ôoo Reitor pode esperar que a reitoria vamos ocupar!!”o manifesto estudantil foi aplaudido pelas pessoas que passavam nos ônibus (estudantes secundaristas e trabalhadores), o ato contou também com ampla cobertura da mídia local.
    Até o último cruzamento onde prevíamos o encerramento da manifestação, já concluíamos pelo sucesso do ato que tinha como objetivo chamar atenção da sociedade e também dos órgãos públicos. No entanto, nosso “serviço de inteligência” localizou o Reitor e redirecionamos o ato para o Campus Administrativo da UFOPA, onde ao chegar no local, no calor da indignação e ao som de muitas palavras de ordem, os estudantes OCUPARAM PELA PRIMEIRA VEZ A REITORIA DA UFOPA onde o Pró-Reitor de Planejamento Aldo Queiroz rapidamente se trancou em seu gabinete, com a ausência do reitor no local, pois já estava fora da cidade, os estudantes exigiram que o Pró-Reitor saísse de sua sala prestasse explicações para os estudantes, o que aconteceu após ameaças de os estudantes fazerem vigília na reitoria.
    Depois de merecidas vaias ao Pró-Reitor, cobramos DEMOCRACIA na universidade e exigimos a instalação imediata dos Conselhos Superiores e a participação paritária na Estatuinte da UFOPA. O ato foi encerrado com uma grande assembléia estudantil onde foi decido por uma assembléia geral com o Reitor no dia 20/05 e também foi tirada uma comissão permanente de mobilização que estará responsável pelas próximas mobilizações que acontecerão.
    O Recado foi dado, estudantes mobilizados pronto para a batalha!!!!
    Democracia Já!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *