Foi distribuído, por prevenção, para o ministro Celso de Mello a relatoria do 8º inquérito aberto contra o ex-prefeito e deputado federal Lira Maia (DEM) no STF (Supremo Tribunal Federal).

Neste inquérito, o líder cipoalense é acusado pelo MPF (Ministério Público Federal) de peculato, crime praticado quando esteve à frente da Prefeitura de Santarém (1997-2004).

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

Um comentário em: Inquérito cipoalense

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Jurutiense disse:

    Será que ele escapa ileso destes tantos processos, o Giumar Mendes já começou dar liminar nas brechas da lei da ficha limpa, no meu entendimento é o començo da escalada ladeira abaixo.
    O Juduciário é quem incentiva a impunidade.
    Falta o povo mobilizar-se como no caso Ficha Limpa e interferir na reforma do judiciário.

    Jeso, visite o blog: jurutiense.blogspot.com.