jones william, prefeito assassiado de Tucuruí

Jones William, vítima de crime encomendado em Tucuruí

Vereador e irmão do prefeito assassinado de Tucuruí Jones William, ocorrido em julho deste ano, Weber Galvão vai entrar no próximo dia 7 com pedido de cassação, junto à Câmara de Vereadores, do gestor do município, Arthur Brito.

Para Galvão, o atual prefeito, que era vice de Jones William, não tem reúne mais condições de ocupar o cargo.

É que a mãe de Brito, a empresária Josy Brito, foi presa semana passada por suspeita de envolvimento na morte de Jones William no âmbito de uma operação deflagrada pela Polícia Civil do Pará.

“Tenho a certeza que a população de Tucuruí não deseja ter um prefeito, cujo cargo foi herdado as custas da morte do governante que eles escolheram e acreditaram que poderia mudar a realidade da nossa amada cidade, principalmente porque ter sido esse crime arquitetado pela genitora do atual prefeito.”, afirma Weber Galvão em nota que se tornou pública na manhã desta sexta-feira, 3.

Abaixo, a íntegra da nota.

– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –

NOTA À POPULAÇÃO TUCURUIENSE

Como irmão do prefeito Jones William e vereador de Tucuruí, legítimo representante do povo, venho a público externar meus sentimentos de tristeza, surpresa e decepção com os últimos acontecimentos, resultantes das investigações sobre a morte do nosso eterno prefeito.

Situação que também tem causado ansiedade a toda a população tucuruiense.

Quero aqui ressaltar que respeito a independência e autonomia entre os poderes, assim como os ritos da lei, mas diante da prisão da empresária Josy Brito, mãe do atual prefeito Artur Brito, por envolvimento no assassinato do nosso eterno prefeito Jones William, meu querido irmão, se torna insustentável que o atual prefeito se mantenha no cargo de governante de nossa cidade.

Tenho a certeza que a população de Tucuruí não deseja ter um prefeito, cujo cargo foi herdado as custas da morte do governante que eles escolheram e acreditaram que poderia mudar a realidade da nossa amada cidade, principalmente porque ter sido esse crime arquitetado pela genitora do atual prefeito.

Da mesma forma que pra mim, como vereador e irmão do prefeito assassinado é muito difícil permanecer convivendo e ter que trabalhar em harmonia, no mesmo ambiente que o vereador Lucas Brito, irmão do atual prefeito e filho da mentora do assassinato do prefeito Jones.

Por acreditar, que mantê-los no cargo pode contribuir para a facilitar a liberdade de Josy Brito, mãe do prefeito Artur Brito e do vereador Lucas Brito, dificultando as investigações e até mesmo garantindo recursos para custear, quem sabe com dinheiro público, as custas de advogados para defende-la desse crime, é que na próxima sessão da Câmara Municipal, no dia 07 de novembro, estarei dando entrada no pedido de cassação do prefeito Artur Brito e do Vereador Lucas Brito, atitude que não seria necessária, se ambos tivessem demonstrado dignidade e respeito pela família do nosso eterno prefeito Jones William e pela população de Tucuruí, renunciando aos seus cargos, principalmente o prefeito Artur Brito, que por articulação de sua mãe, foi o maior beneficiado com a morte do meu querido irmão e prefeito de Tucuruí, escolhido pelo povo e que infelizmente, pagou com a própria vida, o preço da ganância da família Brito.

Por fim, peço o apoio ao Presidente da Câmara Municipal, assim como aos demais colegas Vereadores e a população em geral, para que com isso,seja dado mais um passo para que se faça Justiça pela morte do meu irmão e eterno prefeito Jones William e que finalmente o povo de Tucuruí tenha a resposta que quer e merece ouvir.

Weber Galvão – Vereador de Tucuruí

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *