Polícia do Pará impede assaltado a caixa eletrônico planejado por facção criminosa; 3 mortos
A cúpula da área de segurança pública do Pará na entrevista coletiva à imprensa nesta quinta. Foto: Agência Pará

Uma ação coordenada pela Polícia Civil do Pará impediu um roubo a um caixa  eletrônico do Banpará localizado dentro do hospital Ophir Loyola, em Belém, nesta quinta-feira (29).

Equipes da Divisão de Homicídios (DH) e da Delegacia de Repressão de Furtos e Roubos (DRFR) estavam monitorando há 30 dias o grupo criminoso que planejava roubar em torno de R$ 1 milhão no ataque marcado para acontecer hoje. No Pará, há mais de 7 meses não ocorre nenhum registro de roubo a agência ou posto bancário. 

Em decorrência da ação, 4 pessoas foram presas e, ao confrontarem com a polícia, outras 3 foram atingidas e evoluíram a óbito.

— LEIA AINDA: Pedida a demissão de 12 procuradores da Lava Jato do RJ; ‘santarena’ entre eles.

 

Entre os participantes do grupo que não resistiu estava um líder de uma organização criminosa, foragido do sistema prisional, que também era acusado de cometer atentados, sendo homicídios tentados e consumados contra agentes de segurança pública no Estado e possuía mandado de prisão, sendo investigado ainda na operação Medusa.

Ele respondia a mais de 10 processos criminais, entre roubo e tráfico de entorpecentes, por exemplo. Um outro integrante usava, inclusive, um crachá falsificado da unidade hospitalar. 

“É uma quadrilha articulada que atua tanto na questão de homicídios, como também de assaltos. Certamente é uma grande baixa para o grupo criminoso”, informou o delegado-geral da Polícia Civil, Walter Resende.

“Eles precisam de dinheiro para financiar suas ações criminosas e esse assalto de hoje pelo o que se tem conhecimento, pretendiam roubar de R$800 mil a R$ 1 milhão, o que serviria para que eles pudessem incrementar suas ações e comprar armas para executar outros crimes aqui no estado. Junto ao material que foi apreendido, como carros, por exemplo, aprendemos aparelhos celulares que vão ser importantes na nossa investigação”.

A ação da polícia

Equipes da PC estavam a postos próximo ao hospital monitorando o veículo usado pelo bando quando perceberem a movimentação e agiram para que o roubo fosse evitado. Ao detectarem a presença policial, empreenderam fuga e foram interceptados próximo a travessa 14 de março, em Nazaré. 

Um segundo veículo envolvido na ação criminosa e que possivelmente daria fuga ao bando foi interceptado pela Polícia Militar próximo a um supermercado, na mesma travessa. Um homem foi preso e o outro conseguiu entrar dentro do estabelecimento. Policiais Militares realizaram buscas até localizarem o fugitivo. Não houve feridos.

As investigações continuam a fim de identificar e prender outros acusados em participar da ação.

Com informações da Agência Pará

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

Um comentário em: Polícia do Pará impede assalto a caixa eletrônico planejado por facção criminosa; 3 mortos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *