-1
Preso o ex-nº 1 do Inmetro; ele é acusado de mandante da morte de agiota e esposa
Iran Parente e sua esposa. Foto: Facebook

Está preso na penitenciária Sílvio Hall de Moura (Cucurunã), em Santarém (PA), o ex-número 1 do Inmetro no município Dionar Nunes Cunha Filho. Ele é acusado envolvimento (mandante) no assassinato do empresário e agiota Iran Parente e sua esposa, Josy Prezza, em fevereiro deste ano.

Dionarzinho, como é mais conhecido, foi preso a pedido da Polícia Civil do Pará, através do delegado Gilvan Gomes de Almeida, que está à frente do caso.

 

Um habeas corpus preventivo chegou a ser foi ajuizado pela defesa de Dionar Filho na sexta-feira (1º). Mas o juiz Gabriel Veloso de Araújo, da 3ª Vara Criminal de Santarém, optou por só decidir somente após manifestação do delegado Gilvan Almeida.

Deu no prazo de 48h.

Dionar Filho: acusado de envolvimento no duplo assassinato. Foto: facebook

Dionar Filho era muito próximo de Iran Parente. Atuava como contador dos negócios do rico agiota. Era o homem que sabia quem eram os credores, onde investia, quais os bens e patrimônio do empresário.

Nesta segunda (4), a Polícia Civil do Pará em Santarém dará entrevista à imprensa sobre o caso.

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

2 Comentários em: Preso o ex-nº 1 do Inmetro; ele é acusado de mandante da morte de agiota e esposa

  • Parabéns a equipe da Delegacia de Homicídios da Polícia Civil em Santarém.

  • Disparado a melhor reportagem. Deu nome aos que realmente estavam participando dos trabalhos e falou de forma ampla e verdadeira sobre o caso. Por isso que respeito o Jeso Carneiro. Continue sempre assim

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *