Publicado em por em Ronda Policial

O episódio aconteceu no início da tarde deste dia 1º de janeiro

Homicídio duplo no 1º dia do ano em Santarém; mulher também é atingida
As vítimas: o executado (primeiro plano), a mulher baleada logo atrás e no fundo o executor tombado ao chão. Duplo homicídio. Foto: Redes sociais

Dois homens foram mortos neste sábado (1º) em Santarém (PA) em um restaurante na avenida Cuiabá, uma das mais movimentadas da cidade. O duplo homicídio ocorreu à bala, no início da tarde.

— LEIA: Patrulha da PM prende jovem com drogas após tentativa de fuga em bicicleta.

Arma usada por Henrique na execução. Foto: JC

A primeira vítima, Rafael Dias Melo, de 26 anos, ex-presidiário, foi executado dentro da Churrascaria Gavião. Ele chegou a ser levado para o hospital municipal (HMS), mas não resistiu e faleceu poucas horas depois. Rafael foi executado por Henrique Malcher Betcel. Ele teria praticado o homicídio a mando do Comando Vermelho, num suposto acerto de contas.

Uma mulher, Lilian Maria, chegou a ser atingida pelos disparos de Henrique no interior da churrascaria. Ela foi socorrida e encaminhada também ao HMS.

Na fuga do restaurante, Betcel foi atingido por um balaço disparado por um policial à paisana, presente na churrascaria e que presenciou a fria execução de Rafael.

A motocicleta Broz vermelha, de placa OTL 5H60, usada no deslocamento de Henrique até o restaurante foi apreendida e levada para a 16ª Seccional Urbana da Polícia Civil do Pará em Santarém.

Henrique Malcher Betcel

Residente do bairro Jardim Santarém. Foi morto por um policial à paisana logo depois de executar, a mando do Comando Vermelho, Rafael Melo, quando tentava fugir do local do crime. Puxou cadeia por roubo (artigo 157).


Publicado por:

Uma comentário para

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.