PMs baixam a guarda por temor de 'castigo' político em Alenquer
Alenquer, vida difícil para PM que segue a lei. Foto: Aldeia News

Militares da PM em Alenquer (PA), de baixa patente principalmente – soldados, cabos e sargentos – resolveram fazer vista grossa em ações de ronda, fiscalização e prevenção na cidade.

Os PMs temem o ‘castigo’ da transferência caso voltem a flagrar, na prática de delitos, políticos (prefeito, secretários e vereadores) e seus familiares.

 

O caso mais exemplar de punição, ocorrido neste ano, atingiu um cabo, cujo nome apurado pelo Blog do Jeso é Ricardo Silva, o Cabo Ricardo.

O militar foi “premiado” com remoção de Alenquer para Óbidos dias depois de abordar, em rondas de rotina, familiares de 2 vereadores – Betão e Zezinho Valente, ambos pertencentes à base de apoio do prefeito Josino Filho (PP).

Consequência: a tropa recuou, com medo de novos castigos, já que grande parte dos militares moram há anos na cidade, com a família estabelecida no município.

LEIA também: Repórter de TV corre para evitar agressão de secretário a mando de prefeito; vídeo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *