Ministério Público abre investigação sobre gastos com combustíveis em Almeirim

Publicado em por em Almeirim, Justiça

Ministério Público abre investigação sobre gastos com combustível em Almeirim
Lúcia do Líder, prefeita de Almeirim: licitação de combustível sob investigação do MPPA. Foto: Arquivo JC

Os gastos com combustíveis da Prefeitura de Almeirim (PA), que só nos primeiros 6 meses deste ano chegaram a R$ 4,5 milhões, conforme revelado pelo JC, serão investigados pelo Ministério Público do Pará (MPPA). Um inquérito foi aberto oficialmente na semana passada (dia 28) sobre o caso.

À frente da investigação está Ramon Furtado Santos, promotor de Justiça em exercício da PJ (Promotoria de Justiça) de Almeirim.

Ainda na semana passada, os supostos envolvidos no novo escândalo político da cidade foram notificados pelo Ministério Público sobre a abertura do inquérito, entre eles a prefeita Lúcia do Líder (MDB) e o vice-prefeito Karol Sarges (PTB).

Ao todo, foram expedidas 9 notificações por prática de suposto danos ao erário do município por conta do contrato fechado entre a prefeitura e a Petrogas Comércio Ltda., fornecedora de combustível desde o início da atual gestão. Veja a relação completa no final desta matéria.

A abertura do inquérito civil (nº 00516-152/2022) foi ainda comunicada ao procurador geral do MPPA, César Bechara Mattar Júnior, em virtude de Lúcia do Líder ter foro privilegiado por prerrogativa de função (prefeita), e ao corregedor geral do MPPA, Manoel Santino Júnior.

Além de Lauro Freitas Júnior, que dirige o Centro de Apoio Operacional (CAO) Defesa do Patrimônio Público e Combate à Sonegação Fiscal, em Belém, e que deve trabalhar nas investigações sobre o caso.

Os notificados:

  • Petrogas Comércio Ltda., empresa fornecedora de combustíveis para Prefeitura de Almeirim, gestão Lúcia do Líder (MDB);
  • Cleto de Souza Caldeira, oficialmente ex-sócio da Petrogas e pai do vice-prefeito Karol Sarges (PTB);
  • Patrick de Sousa Aguila, neto de Cleto Caldeira e sobrinho do vice-prefeito. Atualmente ex-sócio oficial da Petrogas;
  • Olival de Jesus Lima Bahia, atual sócio administrador da Petrogas e home de confiança há anos de Cleto Caldeira;
  • Benedito Cardoso Duarte, outro sócio atual da Petrogas. Trabalha como frentista em um dos postos da Petrogas em Almeirim;
  • José Ribamar Moraes da Silva, atual secretário municipal de Meio Ambiente;
  • Karol Sarges, vice-prefeito e filho do empresário e ex-vereador Cleto Caldeira;
  • Lúcia do Líder (Maria Lucidalva Bezerra de Carvalho), prefeita, e
  • Prefeitura Municipal de Almeirim.

O JC entrou em contato com a assessoria de comunicação da Prefeitura de Almeirim, mas não obteve retorno. Essa matéria será atualizada assim que o contraponto da PMA for enviado à nossa redação.

  • JC também está no Telegram. Siga-nos e leia notícias, veja vídeos e muito mais.


Publicado por:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.