-1
Construção de UBS fluvial em Faro entra na mira do Ministério Público do Pará
A construção da UBS fluvial de Faro será fiscalizada pelo MPPA. Foto: Arquivo BJ

A construção da Unidade Básica Saúde (UBS) fluvial em Faro, oeste do Pará, entrou na mira do Ministério Público do Pará (MPPA), que tornou pública a instauração do procedimento administrativo sobre a obra.

A informação foi confirmada no Diário Oficial do Estado (DOE), nesta quarta-feira (22). O documento é assinado pelo promotor de Justiça Osvaldino Lima de Souza.

 

Segundo informou o MPPA, o objetivo é acompanhar e fiscalizar a construção da UBSF, nos termos do processo licitatório, além de conferir a legalidade dos aditivos contratuais.

A empresa contratada para executar o serviço foi a Construtora L & Q Franco, pertencente a Luciano Otávio Franco da Silva, com sede em Óbidos (PA).

A unidade fluvial foi anunciada em dezembro de 2017. Faz parte do pacote aprovado pelo Ministério da Saúde que destinou R$ 85 milhões para construção de 45 UBSF para melhorar a assistência à população ribeirinha. Cada uma cerca em torno de R$ 1,88 milhão.

Ato ilícito na construção

Candidata à reeleição, Jade Abreu (MDB) é que administra o município de Faro.

Se no curso do procedimento administrativo, que deverá ser concluído no prazo de 1 ano, surgirem fatos que justifiquem apuração criminal, o MPPA deverá abrir investigação para apurar o suposto ato ilícito específico.

LEIA também: Casos de covid-19 aumentaram 5 vezes em 60 dias no município de Faro

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

3 Comentários em: Construção de UBS fluvial em Faro entra na mira do Ministério Público do Pará

  • Seria Um Laranja?
    Ouvi Dizer que será dos cofres do Município que será financiado a campanha do irmão, em Belém/Pa e do Filho em Santarém.

  • Sinceramente, o povo de Faro merece esse tipo de governante, o Josué só não é político porquê foi cassado por corrupção e colocou a mulher dele que é o mesmo que ele está no poder. A povinho sem noção.

  • Se vc observar na licitações publicadas no mural do tcm/pa a empresa do Luciano foi agraciada para construir todas as obras em Faro, o curioso é que só ela (empresa) é que participa nos pregões. Será que tem alguma maracutaia aí?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *