Prefeito decreta toque de recolher em Faro e fecha bares, igrejas e praias
Faro, medidas duras do prefeito Paulo Carvalho contra o coronavírus. Foto: Divulgação/Via Amazônia

Por 30 dias, a população de Faro (PA) terá que obedecer ao toque de recolher diários de 21h às 5h, assim como, nesse mesmo período, bares, igrejas, praias, entre outros, deverão estar fechados ao atendimento ao público. Esses são alguns pontos do decreto baixado pelo prefeito Paulo Carvalho (PSD) nesta segunda-feira (11).

As medidas emergenciais, já em vigor, são para conter o número de infectados pelo novo coronavírus no município.

 

Os estabelecimentos comerciais considerados essenciais, como farmácias e supermercados, poderão funcionar até as 20h, “podendo operar até as 21h” apenas como delivery (entrega em domicílio).

“As lanchonetes, bancas de churrasco, restaurantes, sorveterias somente funcionarão na forma de delivery até as 21h”, especifica o decreto nº 067/2020, assinado pelo prefeito.

LEIA também: Diretor do Enem morre de covid-19 em meio a pressão para se adiar o exame, previsto para domingo

O atendimento ao publico em todas as repartições municipais também estarão suspensos nos próximos 30 dias, com exceção dos serviços essenciais na área da saúde, conselho tutelar e segurança pública.

De acordo com o boletim epidemiológico da Semsa (Secretaria Municipal de Saúde) de Faro, divulgado nesta terça-feira (12), há 61 casos “ativos” de covid-19 na cidade, dos quais 51 estão em tratamento domiciliar.

Desde o início da pandemia, os infectados confirmados somam 677. Desse total, 618 pacientes foram recuperados. O número de óbitos é de apenas 2.


📹 Assine o canal do Blog do Jeso no Youtube, e assista a dezenas e dezenas de vídeos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *