Em vídeo, pastor ataca a imprensa e defende o coordenador da Defesa Civil, Ary Franco

Em vídeo “como pastor”, gravado e disponibilizado nas redes sociais nesta semana, Ary Franco atacou imprensa por “acusações levianas” contra ele, e prometeu um novo vídeo para se defender “como coordenador” da Defesa Civil de Óbidos.

Cercado por pastores evangélicos, Franco pede no vídeo a desvinculação de seu papel de pastor, da igreja El-Shaday, fundada por ele no município, do papel que ele desempenha como coordenador da Defesa Civil em Óbidos, por indicação pessoal do prefeito Chico Alfaia (PR).

“Jamais vamos permitir que a minha imagem como home de Deus seja denegrida, seja manchada por qualquer quem quer que seja”, criticou.

“Como pastor eu não aceito essas acusações levianas”.

Abaixo, a íntegra do vídeo.

– – – – – – – – – – – – – – –

Opinião do editor do portal Jeso Carneiro:

O JOIO E O JOIO

Nas eleições de 2016, Ary Franco usou o “pastor” para arrebanhar votos dos obidenses. Misturou trabalho “pastoral” com política e não teve nenhum escrúpulo de consciência no decorrer da campanha.

Agora, pego em flagrante delito, com a mão boba na folha de pagamento da Prefeitura de Óbidos, pede respeito ao “pastor”, como se o joio do “coordenador” fosse possível separar do joio de sua prática pastoral oportunista.

Pastor ary franco

Leia sobre o caso:
Supersalário: Câmara de Óbidos pede afastamento do nº 1 da Defesa Civil

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

11 Comentários em: Em vídeo, pastor ataca a imprensa e defende o coordenador da Defesa Civil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Antonio Bengol Moraes disse:

    Vereador Bico de Pato, já que o prefeito não deu nem” thum” pro teu requerimento pedindo o afastamento do coordenador da defesa civil, pega tua chibata e dá uma lambada nos dois. kkkkkkkkk. Vai uma ideia pra ti. Entra com requerimento pedindo a exoneração do coordenador Ary Franco, e contratação imediata do pastor Ary Franco. Pronto. Resolvido.

  • Não digo mais nada disse:

    Dois homens em um só kkkkkkkkk

  • afonso neto disse:

    imagine só o contra-cheque dele esse mês de dezembro,quantas horas extras vai vim devido ele acompanhar o trabalho de retirada do empurrador, kkkkkkkk

  • Eliane B. dos Santos disse:

    Dilema existencial ou dilema de consciência; Não sei se sou pastor e depois coordenador ou se sou coordenador e depois pastor? Acho que no fundo ele faz milagres não apenas com as horas mas com a sua presença, afinal todas as vezes que ele sai da porta da igreja ele veste um colete e se transforma em coordenador e quando chega na igreja veste um paletó e vira pastor; Mas o engraçado que quando bate aqui na porta da secretaria para pedir ele sempre se apresenta como pastor mesmo estando vestindo um colete da defesa civil.

  • Bianca disse:

    Enquanto circula uma história de que o governo pretende fechar a escola Duque de Caxias para fazer de lá, junto com o prédio do CRAS a nova sede da SEMED, o caso do pastor das 200 horas extras continue em silêncio dentro do governo. Como vai reagir a AALO quando souber que seu ilustre imortal prefeito está querendo fechar uma escola que tem tido um dos melhores IDEB’s da região e do município? O que dizem os intelectuais que tanto apoiaram o atual prefeito?

  • Paulo Santos disse:

    Fica aqui uma pergunta ao coordenador pastor do pastor coordenador quando ele for gravar outro video. Responda.
    O senhor tem 180 + 200 horas extra mensais total igual 380 horas. amas 100% de gratificação da função exatamente pra cobrir as necessidades de extraploçao do horário. Qual o horario que o pastor coordenador dedica a sua ação pastoral?

  • beto leiterm disse:

    esse pastor de horas extras,deixa de pagar quem realmente precisa para engordar o próprio bolso, coitadinho do prefeitinho ele não sabia de nada como sempre,isso mostra que ele é um excelente administrador,agora manda os vereadores capachos que ele manda e eles obedecem em troca de combustível,empregos e outras mordomias e que ele oferece,o mensalinho, agora ele se faz de vítima, imagino que as cestas básicas e outros materiais o pastor deve ter engolido

  • Raimundo Silva disse:

    Será que o pastor Ary que de Franco não tem nada, estudou matemática? Se estudou, ele esqueceu aquela regrinha básica: “A ORDEM DOS FATORES NÃO ALTERA O PRODUTO” OU SEJA: PASTOR + COORDENADOR= ARY FRANCO MELO DE SOUZA – COORDENADOR + PASTOR= ARY FRANCO MELO DE SOUZA. Tanto faz ser pastor, coordenador ou cidadão, derretendo não dá para montar 30% de um cidadão digno, honrado e respeitado. Tenho pena desses fiéis que são enganados e explorados por um ser desprezível, canalha, arrogante, ignorante, e acima de tudo corrupto. Pare de se esconder atrás do conselho de pastores, pois se conselho prestasse ninguém dava, vendia. Chico Alfaia, honesto nos dias de hoje “SÓ DEUS”.

  • Joana disse:

    Oportunista e homem ambicioso que ama as circunstâncias que lhe são favoráveis, adora um diesel e uma gasolina, assim como, bajular quem está no poder…na verdade este “pastor” adora qualquer coisa dos homens que lhe possam retribuir um bem (seja dinheiro, passagens, gasolina ou diesel) menos as coisas de Deus.

  • Ana Tavares Pinto disse:

    Cômica essa justificativa, tá agindo que nem o Pelé, o pastor e o coordenador. Te toca pastor ou coordenador, queremos que justifique como recebia hora extra e gratificação se exerce cargo em comissão, remunerado por subsídio, que por lei não pode ter qualquer tipo de acréscimo,

  • José Paulo melo disse:

    Com a palavra o Mestre Chico!
    Pergunto: Afinal quem cometeu o delito das horas extras gordas e voadas?
    Foi o Pastor Coordenador ou o Coordenador Pastor?
    Quem nasceu primeiro. O ovo ou o Pinto?
    Mestre! Concedida a palavra a Vossa Excelência.