Rurópolis, Óbidos, Xinguara, Belterra e Alenquer em 5 notas curtas, Rurópolis
Cidade de Rurópolis, oeste do Pará

⇝ Rurópolis. Sai a vencedora da licitação da Eurico Vale

Bastido o martelo: a Nacional Construções & Serviços foi declarada pela Seduc a vencedora do processo licitatório para construção da quadra coberta, com vestiário, da escola estadual Governador Eurico Vale.   O certame foi do tipo RDC (Regime Diferenciado de Contratação).

⇝ Óbidos. Licitação da ambulância declarada deserta

Como ninguém se interessou em fechar negócio com o município – leia-se gestão Chico Alfaia -, a licitação para compra de uma ambulância foi declarada deserta pelo Fundo Municipal de Saúde. O governo vai tentar outra vez atrair compradores, via republicação do edital.

⇝ Xinguara. MP abre sindicância para apurar denúncias

Por decisão do corregedor-geral, Jorge de Mendonça Rocha, o Ministério Público do Pará abriu sindicância para apurar as graves denúncias da juíza Ana Carolina Pereira, em sua carta-bomba de exoneração, a respeito de conduta de membros do MP na comarca de Xinguara.

⇝ Belterra. TCM julga na terça recurso de Oti Santos

Na próxima terça-feira (9), o TCM irá julgar o recurso do ex-prefeito de Belterra Oti Santos (MDB) contra a reprovação das contas dele de 2004. Além da multa que lhe foi aplicada. O relator do caso é Sérgio Dantas.

⇝ Alenquer. Marreiro pode ser julgado à revelia

O ex-prefeito de Alenquer Flávio Marreiro acaba de ser convocado pelo TCM a fazer esclarecimentos e defesa relativos as contas dele de janeiro a junho de 2016. A corte listou nada menos do que 6 irregularidades nessa prestação de contas. Se Marreiro não fizer o seu contraponto, será julgado à revelia. Aí será condenado na certa.

Leia também:
Diap destaca candidatura de Beto Salame e projeta reeleição do deputado do PP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *