Recurso contra diplomação do prefeito de Oriximiná é rechaçado pelo TRE, Ludugero Tavares, prefeito de Oriximiná

Ludugero Tavares, vitória no TRE

À unanimidade (5 a 0), o TRE (Tribunal Regional Eleitoral) do Pará julgou improcedente o recurso de Ângelo Ferrari (PSD) contra a diplomação do prefeito eleito de Oriximiná, Ludugero Tavares (PR).

A decisão ocorreu na manhã de hoje, 26, em Belém.

Todos acompanharam o voto do relator, desembargador Roberto Moura. Ainda cabe recurso.

Para Roberto Moura, a decisão do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) de outubro do ano passado deixou inelegível apenas o ex-prefeito Luiz Gonzaga Viana, por abuso de poder econômico na eleição de 2012.

Ludugero Tavares, vice na chapa de Gonzaga, não foi atingido por essa penalidade.

Ferrari foi o segundo colocado na eleição de 2016. O atual gestor oriximinaense venceu a disputa com 32,73% dos votos válidos do município – contra 31,49% do candidato do PSD.

  • 16
    Shares

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

2 Comentários em: Recurso contra diplomação do prefeito de Oriximiná é rechaçado pelo TRE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *