Publicado em por em Juruti, Mojuí dos Campos, Rurópolis, Terra Santa

Duas compras acabam de ser fechadas pela Prefeitura de Rurópolis

Terra Santa, Juruti, Oriximiná, Rurópolis e Mojuí dos Campos em 5 notas curtas
Juruti, audiência pública agendada para concessão florestal. Foto: Arquivo JC

Terra Santa »

Exatos 49.776,48 litros de óleo diesel, do tipo S10, foram repassados ao município de Terra Santa, gestão do prefeito Doca Albuquerque (PSD), pela Setran, para ser usado por máquinas da prefeitura na recuperação de 4 estradas vicinais – Nascimento, Paraíso, Vira Volta e Urupanã. O total dos recursos estaduais na compra do combustível chegou a quase R$ 264 mil.


Juruti »

Santarém e Juruti são as duas cidades onde o Ideflor-Bio irá realizar audiência pública para apresentação do pré-edital de licitação para concessão florestal do lote II das glebas Mamuru-Arapiuns. Os 2 eventos serão realizados neste mês – dia 19 (Juruti), no auditório da escola Zenilda Guimarães, e 24 (Santarém), no auditório do CIAM – ambas das 9 às 13h.


Oriximiná »

A DJP Arquitetos Associados, de Belém (PA), foi a vencedora da licitação (concorrência pública) para elaboração do projeto de arquitetura e engenharia do Hospital Menino Jesus, em Oriximiná. Pelo serviço, a empresa irá receber quase R$ 790 mil do cofre público estadual. Ela tem até novembro deste ano para concluir o serviço.


Mojuí dos Campos »

Agendado para amanhã (7), às 15h, na sede do MPPA em Santarém, o depoimento de Edmar Júnior Imbeloni ao promotor Diego Belchior Santana. O contador é investigado por suposta fraude à licitação no governo do prefeito Marco Antônio Lima (MDB). O negócio, fechado no alvorecer na gestão do emedebista, envolve cifras de quase meio milhão de reais. Quatro secretários municipais, entre os quais a primeira-dama Adrielly Lima, estão também sob investigação do MP.

Contador investigado pelo MP cobrou 33% mais caro por LDO de Mojuí
Adrielly, Edmar, Hélcio “Didi”, Glaydson e Edicley: sob investigação do MP. Foto-montagem: JC

Rurópolis »

Duas compras, ambas com dispensa de licitação, acabam de ser fechadas pela Prefeitura de Rurópolis. Uma com o Mercantil Econômico, de quase R$ 280 mil em aquisição de gêneros alimentícios, material de limpeza e higiene pessoal; e outra com o Novo Lar, que fornecerá colchões, travesseiros e lençóis, no total de R$ 199,7 mil. As compras são para suprir as necessidades da Defesa Civil de Rurópolis. A verba desembolsada é repasse da União.


Publicado por:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.