por Sidney Canto

3 de outubro de 1856

O Governo da Província concede, através da Lei 289, duas “loterias” ao casal Antônio Maximiano da Costa e sua esposa Carolina Helpídia da Costa, com objetivo de angariar fundos para a construção de um teatro em Santarém. Por conta dos prejuízos com a venda das loterias (o povo santareno não estava acostumado a esse tipo de jogo ainda), a mesma nem sequer chegou a ser realizada.

Leia também:
Óbidos vira município.
Nasce Ambrósio Philipsenburg.
Pedido de hospital é negado.
O maior templo de Santarém.
Índio auxilia Henry Bates.
Henry Bates no Tapajós.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *