Aprovação em massa de centro regional de educação de jovens e adultos é investigada
O Ceeja, Regional de Santarém, está sob investigação da polícia por conta da aprovação em massa. Foto: Google Views

A aprovação em massa de alunos matriculados no Ceeja (Centro de Educação de Jovens e Adultos), com sede em Santarém (PA), abrangência regional e vinculado à Seduc (Secretaria de Estado de Educação), está sob investigação. Há indícios graúdos de fraudes na aplicação de provas.

O caso, em tramitação sob sigilo no MPPA (Ministério Público do Pará), foi denunciado no final do ano passado. A polícia foi acionada e um inquérito (IPL) foi aberto para apurar os fatos.

— LEIA AINDA: Nélio turbina contratação e salário de advogados; folha ultrapassa R$ 100 mil; veja os nomes.

 

A Seduc também entrou no caso, instaurando processo de apuração logo após o estouro da denúncia.

Chama atenção o índice de 100% de aprovação de alunos do Ceeja quando submetido aos exames, principalmente em comunidades no interior de Santarém e municípios da região sob abrangência da unidade de educação.

Em Porto de Moz, Novo Progresso e Aveiro, por exemplo, todos foram aprovados nos exames realizado em 2019. Assim como nas comunidades de Igarapé-Açu e Bom Jesus, em Santarém.

O modus operandi da aplicação das provas fora de Santarém pode ter sido um dos fatores propulsores para se chegar ao índice histórico de 100% de aprovação: eram realizadas em grupo e os alunos contava com auxílio de professores do município onde eram realizadas.

Ao MPPA foram entregues documentos que comprovariam a fraude. Entre os quais, fichas de inscrição de alunos que ao lado dos nomes aparecem valores que eles teriam pago à aplicadora das provas.

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

Um comentário em: Aprovação em massa de alunos do centro de educação de jovens e adultos é investigada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *