Advogado acusado de pornografia infantil paga fiança e ganha liberdade
Marcelo Spínola, advogado santareno. Foto: G1

O advogado Marcelo Spínola Salgado, 61 anos, acusado de crime de armazenamento de pornografia infantil, será liderado da prisão nas próximas horas, depois de pagar fiança de 40 salários mínimos – R$ 41.560,00

O alvará de soltura, segundo informou a defesa de Spínola, advogado Igor Dolzane, ao Blog do Jeso, acaba de ser emitido pela Justiça.

 

Spínola foi preso nesta terça-feira (15) em sua residência em Santarém (PA) por policiais civis em cumprimento de mandato de busca e apreensão expedido pela Justiça. Na casa, foi apreendido vasto conteúdo fotográfico de pornografia infantil, o que resultou na prisão em flagrante do acusado.

O acusado dormiu no presídio Sílvio Hall de Moura (Cucurunã). Hoje, depois da fiança arbitrada inicialmente pelo juiz Rômulo Nogueira de Brito em 80 salários mínimos ter sido reduzida para metade, foi feito o pagamento e Spínola liberado.

Ele responderá o processo em liberdade.

Em depoimento à polícia, após a sua prisão, Spínola confessou o crime, mas ressaltou que não compartilhava as fotos com ninguém.

Punição ao advogado prevista em lei

LEIA também sobre esse caso: OAB se manifesta sobre advogado preso por pornografia infantil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *