Alter do Chão: MPF silencia sobre acusação de atuar como ativista ambiental

O MPF (Ministério Público Federal), procurado pelo Blog do Jeso, silenciou sobre a acusação de atuar como “ativista ambiental” no caso de supostas irregularidades na construção do condomínio Chão de Estrelas, em Santarém (PA).

“O MPF não vai se manifestar”, respondeu a assessoria do órgão ministerial sobre a matéria Defesa de condomínio em Alter do Chão acusa MPF de atuar como ‘ativista ambiental’, publicada na manhã desta quarta-feira (8).

 

A acusação foi feita pelos advogados José Maria Lima e José Arthur Machado Lima em manifestação de defesa prévia à Justiça Federal, onde o caso tramita deste o mês passado. Os dois defendem os proprietários dos 24 apartamentos em obras do condomínio, orçado em R$ 2 milhões.

Sobre o caso, leia também:

✓ Ministério Público entra na briga contra obras de condomínio em Alter do Chão.

✓ Ministério Público pede à prefeitura que pare de licenciar obras em Alter do Chão.

✓ Conselho de Alter do Chão alertou governo sobre condomínio irregular em 2019.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *