Cantora Joelma é levada à Justiça do Trabalho por 10 ex-funcionários

A cantora paraense Joelma não está passando por bons momentos. Depois de deixar a banda Calypso, após suposta traição do ex-marido, Chimbinha, Joelma seguiu carreira solo, mas pelo visto não deu muito certo.

A artista está sendo processada por 10 de seus ex-funcionários que entraram na Justiça do Trabalho para pedir seus direitos.

 

Os músicos, técnicos, auxiliares, seguranças, entre outros, entraram com a ação contra a artista após terem sido demitidos sem justa causa em 2017.

Informações divulgadas pela colunista Fábia Oliveira, do jornal O Dia, do Rio de Janeiro, indicam que os profissionais alegam na Justiça que não receberam os valores que teriam direito.

Alguns dos funcionários optaram por uma solução amigável e fizeram acordo com Joelma, mas a cantora acabou descumprindo os tratos. Os valores das causas variam entre R$ 25 mil e R$ 233 mil.

O blog não conseguiu localizar a artista. O espaço continua aberto ao seu contraponto a qualquer tempo.

Com informações do site NE e O Dia

LEIA também: Justiça obriga Belém a dar proteção a enfermeiros do grupo de risco da covid-19

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *