Em nota, juízes de Santarém repudiam ataque apócrifo a Alexandre Trindade

Publicado em por em Justiça, Santarém

Em nota, juízes de Santarém repudiam ataque apócrifo a Alexandre Trindade
Fórum de Santarém, em frente do qual foram jogados os panfletos apócrifos. Foto: Reprodução

Em nota nesta quarta-feira (15), juízes de Santarém (PA) repudiaram “veementemente” os ataques verbais, por meio de panfletagem apócrifa, ao juiz Alexandre Chaves Trindade, da 2ª Vara Cível e Empresarial da comarca.

Para os magistrados, o ato foi “tentativa covarde de coagir o trabalho do colega”, possivelmente “arquitetado por uma pessoa ansiosa por tratamento psíquico e espiritual”.

O caso foi noticiado em primeira mão pelo JC na manhã desta terça-feira (14), e ganhou enorme repercussão.

“O único intuito [da panfletagem] consiste em desestabilizar a nossa missão Constitucional ao exercício da judicatura de forma imparcial”, destacaram os juízes no documento.

Leia a íntegra da nota, assinada por 13 dos 14 juízes da comarca.

“Os Juízes de Santarém, abaixo nominados, repudiam veementemente, a tentativa covarde de coagir o trabalho do colega ALEXANDRE JOSÉ CHAVES TRINDADE, por meio de panfletos apócrifos jogados recentemente em frente ao Fórum da Comarca.

Asseveramos que, tentativas desse jaez, em desfavor da Magistratura, cujo único intuito consiste em desestabilizar a nossa missão Constitucional ao exercício da judicatura de forma imparcial, não serão tolerados.

Esperamos, sinceramente, que se trate apenas de um episódio isolado, arquitetado por uma pessoa ansiosa por tratamento psíquico e espiritual, o que não reflete, em nada, a convivência harmoniosa desenvolvida na labuta forense diária.

  • JC também está no Telegram. Siga-nos e leia notícias, veja vídeos e muito mais.


Publicado por:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.