Ministério Público Federal cobra de Helder Barbalho punição a Luciano Hang
Luciano Hang, comandou pessoalmente a inauguração de uma loja da Havan em Belém. Foto: Divulgação

O Ministério Público Federal (MPF) exigiu do governo do Pará medida para punir o empresário Luciano Hang, dono das lojas Havan, pela “cena de barbárie” na inauguração de uma unidade em Belém, no dia 10 de outubro, afirma o Estadão.

O evento provocou tumulto e aglomerações sem os cuidados mínimos de distanciamento social. A unidade foi inaugurada pelo próprio Luciano Hang.

 

O MPF também quer explicações do governo sobre o aumento do número de casos de Covid-19 no estado.

Entre os questionamentos “estão prazos para a análise de risco dos municípios do Estado e ações de fiscalização de regras sanitárias e de distanciamento social”.

Com informações do site O Antagonista

LEIA também: Morre em SP o empresário Armando Silva, dono da Piquiatuba Táxi Aéreo

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

Um comentário em: Ministério Público Federal cobra de Helder Barbalho punição a Luciano Hang

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *