Publicado em por em Justiça, Política

Valber Pires é professor e doutor em Sociologia

Para sociólogo paraense, perdão de Bolsonaro a deputado é prenúncio de golpe de estado
Daniel Silveira e Jair Bolsonaro: prenúncio de golpe se o indulto não for anulado. Foto: Reprodução

Para o sociólogo e professor paraense Valber Pires, o indulto (graça/perdão) concedido ao deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ) é o prenúncio, se não for barrado, de um golpe de estado a ser dado por Bolsonaro com a justificativa de que as eleições deste ano serão fraudadas.

Lula lidera todas as pesquisas eleitorais para Presidência da República.

“A anulação da condenação de Daniel Silveira por Bolsonaro tem de ser entendida num contexto mais profundo de um novo movimento golpista. Na prática, ela também anula e sujeita os poderes do próprio STF e da Justiça brasileira”, opina.

E ressalta:

“Ela ocorre em concomitância à disseminação de fake news sobre a liderança de Bolsonaro nas pesquisas eleitorais. Assim, se obtiver êxito na anulação/sujeição dos poderes do STF o passo seguinte é avançar no golpe de estado com o discurso de que as eleições serão fraudadas”.

Por fim, o sociólogo arremata:

“Bolsonaro irá tentar o golpe porque sabe que é a única maneira de livras sua família da cadeia pelos tantos crimes em que são suspeitos de estar envolvidos”.

10 ministros votaram pela condenação de Daniel Silveira a 8 anos de prisão por ameaças e incitação à violência contra os integrantes do Supremo Tribunal Federal (STF) e a perda de mandato parlamentar.


Publicado por:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.