PF deflagra operação que apura desvio de R$ 40 milhões em licitações em Altamira
Agentes federais em ação na operação. Foto: Divulgação/PF

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta quinta-feira (5) a operação Adrenalina, que apura desvio de recursos públicos e fraude em licitações do Fundo Municipal de Saúde de Altamira, sudoeste do Pará.

A investigação apura desvios desde o ano de 2016.

Estão sendo cumpridos 7 mandados de busca e apreensão e 3 mandados de busca pessoal. Dentre os alvos estão a sede da Secretaria Municipal de Saúde de Altamira, sede de empresas, residências de empresários, da atual secretária de saúde e de ex-secretária de saúde do município. 

 

Levantamentos preliminares indicam conluio entre as empresas vencedoras e seus sócios, inclusive com pagamentos recíprocos, e, ainda, o envolvimento de agentes públicos no esquema  ilícito. 

As empresas investigadas, segundo a PF, movimentaram mais de 40 milhões de reais no período analisado. 50 policiais federais participam da operação.

As ordens de busca foram expedidas pela Justiça Federal.

Domingos Juvenil (MDB) comanda a Prefeitura de Altamira há 2 mandatos consecutivos (2013-2016 e 2017-2020).

Com informações do site Roma News

LEIA também: Condenado por fake news, candidato do Patriota é alvo de outra ação: pesquisa falsa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *