Polícia captura jovem de 19 anos que confessou ter matado padre de Belterra
Equipe de perícia criminal chega à casa onde o corpo do padre foi encontrado no dia 3 de janeiro, no bairro do Maracanã. Foto: Divulgação/Redes sociais

Autor confesso do assassinato do padre José Ronaldo Gomes de Brito, 37 anos, na área de Bela Vista do Juá, bairro do Maracanã, em Santarém (PA), foi preso pela Polícia Civil do Pará na tarde desta segunda-feira (11).

Equipes da 16ª Seccional Urbana de Polícia Civil encontraram o jovem de 19 anos escondido em casa de familiares, no bairro do Aeroporto Velho.

 

O pedido da prisão temporária de Christian Roberto da Silva foi deferido pela Justiça na última quarta-feira (6). Christian, acompanhado do advogado, havia comparecido na tarde da segunda-feira (4) à 16ª Seccional Urbana, e acabou confessando o crime.

Ao longo de toda a semana, policiais civis realizaram busca no imóvel indicado como residência do suspeito, mas ele não foi encontrado. Os policiais também estiveram em endereços de familiares, de pessoas que conhecem Christian e em bairros próximos, informou a delegada Raissa Beleboni.

O preso será submetido a exame de corpo de delito e encaminhado à Central de Triagem Masculina de Santarém, onde permanecerá à disposição da Justiça.

A vítima, que era pároco da igreja Santo Antônio de Pádua, no município de Belterra, vizinho a Santarém, também coordenava a Pastoral Carcerária da Arquidiocese de Santarém. O corpo do padre foi encontrado no último dia 3 de janeiro.

Com informações da Polícia Civil do Pará


📹 Assine o canal do Blog do Jeso no Youtube, e assista a dezenas e dezenas de vídeos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *