por Sidney Canto

Dia 30 de abril de 1723

Falece no Colégio Jesuíta em Belém o padre Manuel Rebelo, cognominado “missionário exímio”. Foi ele o fundador da Missão de Nossa Senhora da Assunção dos índios Arapiuns e Comarus, no lugar onde hoje se encontra vila Franca, no rio Tapajós. Foi sepultado na Igreja de Santo Alexandre.

Leia também:
Jesuítas rumo ao Grão Pará.
Há 121 anos, nascia Felisbelo Sussuarana.
Forças “legais” bloqueiam Monte Alegre.
Dia da Soja em Santarém.
Criado o “Corpo de Trabalhadores” nas vilas.
Russo vai ao encontro dos Apiacás.
Morre nos EUA Madre Imaculada de Jesus.

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

Um comentário em: Morte do “missionário exímio”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Telma Amazonas disse:

    E também é a data da morte/suicidio de Adolf Hitler e Eva Braum, este em 30 de abril de 1945, mas para este, com certeza absoluta, os indios não pertenceriam a raça Ariana.