Ou as licitações do governo Maria I e II, enfim, mergulharam na moralidade ou o grupo empresarial Maicá não resistiu, e se deixou seduzir pelo pecado das cartas marcadas.

Explico.

A Maicá Diesel acaba de ganhar uma licitação no valor de R$ 256 mil, para efetuar serviços de manutenção da frota de veículos da Semed (Secretaria Municipal de Educação).

A empresa pertence ao empresário Ivair Chaves, que no ano passado denunciou Justiça uma suposta licitação de cartas marcadas nascida do ventre do governo municipal.

Fez mais: foi à imprensa e abriu o berro sobre o crime.

Na ocasião, o clima entre Ivair e Maria fechou. Fechou feio.

Mas agora, pelo visto, desanuviou.

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

3 Comentários em: Maicá e cartas marcadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Jeso Carneiro disse:

    Clei, no post não há nenhuma referência, ou coisa parecida, ao fato de que a licitação tenha sido ganha pelo Grupo Chaves de maneira fraudulenta. Nenhuma linha neste sentido. Há, sim, um link com base num fato, de domínio público, sobre a iniciativa do grupo em ajuizar ação contra a PMS por conta de uma outra licitação.

    Outra: o blog em qualquer momento enxovalhou a sua família. Isso não é prática aqui neste espaço. Citou, sim, a participação do grupo numa licitação pública. Aliás, duas licitações. Quanto ao direito de resposta, nem precisa pedir. Isso é direito sagrado de todos (falei todos) que queriam fazer o contraditório neste blog.

  • pedro santarém disse:

    Agora como ele ganhou vai afirmar que é porque são competentes e jamais vai dizer ainda que é carta marcada…

  • suely fernandes disse:

    Pra te ver Jeso, como funciona, esse seu Ivair Chaves, com todo respeito por sua idade, botou a boca no trombone, pois estava acostumado “mamar nas tetas” da Prefeitura na gestão passada e se aborreceu quando lhe tiraram as tetas, agora que venceu essa, pronto! É Maria desde criançinha com certeza, ninguém faz denúcia séria nessa cidade, mexeu no bolso aí eles denunciam fora disso…a ganância é uma merda mesmo!!!