Ponta Negra tem 120 dias para apresentar projeto de mudança para FM; rádio já tem novo dial
Prédio da rádio e TV Ponta Negra, em Santarém

Saiu nesta quarta-feira (18) o termo de adaptação de outorga de OM (Ondas Médias) para FM (Frequência Modulada) da rádio Ponta Negra, de Santarém, oeste do Pará.

O documento, publicado no DOU (Diário Oficial da União), foi expedido pelo Ministério das da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

 

A emissora tem agora 120 dias para apresentar ao ministério, para devida aprovação, o projeto de local e utilização dos novos equipamentos da rádio. Além de solicitação de uso da radiofrequência à Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações). Só então entrará no ar na nova frequência.

Pertencente ao empresário Nivaldo Pereira, a Ponta Negra já sabe qual será o seu novo dial: 100,9 MHz.

A continuar nesse ritmo, deve entrar para história em Santarém como a 1ª AM a migrar para FM.


P.S.: O repórter Anderson Pantoja, residente em Itaituba, lembra que no oeste do Pará a primeira AM a virar FM foi a Tapajoara, cujo dono é o ex-deputado estadual Wilmar Freire (MDB). Com a mudança, a emissora virou Ita FM, com dial 93,1.

— LEIA também: Jornalista do Pará é contratado por Luxemburgo para programa na Record em Tocantins

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

Um comentário em: Ponta Negra tem 120 dias para apresentar projeto de mudança para FM; rádio já tem novo dial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Artur disse:

    Já passou do tempo da tv ponta Negra operar em HD. Mas tudo bem, por enquanto vamos aguardar a rádio em FM