Rádio em Santarém inicia passaralho de 2 dígitos com demissões nesta segunda
Rádio Rural: 2 dos demitidos são do setor de Jornalismo. Foto: Ilustrativa

Foi dado nesta segunda-feira (19) o pontapé inicial de um “passaralho” (demissões em massa) numa das emissoras de rádio mais antigas e conhecidas de Santarém (PA).

A previsão é de, no mínimo, 10 funcionários a serem demitidos até o final do mês pela Rádio Rural AM. Hoje, 7 receberam a conta.

 

De propriedade da igreja católica, a emissora completa neste ano (em julho) 57 anos de existência. Vive atualmente uma das mais graves crises financeiras de sua história.

Dos 2 demitidos hoje, 2 são do setor de jornalismo e 2, aposentados.

— LEIA também: TV Princesa investe 110 mil reais na compra de link para dinamizar sua programação

A única emissora AM em Santarém, inclusive, está tendo dificuldades de migrar para FM por conta de recursos financeiros.

Os próximos a serem demitidos, conforme apuração do Blog do Jeso, serão funcionários também já aposentados, mas que permanecem ativa. Hoje não passam de 15 o total de pessoal da AM católica.


📹 Assine o canal do Blog do Jeso no Youtube, e assista a dezenas e dezenas de vídeos

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

4 Comentários em: Rádio em Santarém inicia “passaralho” de 2 dígitos; primeiras demissões saíram hoje

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • manuel disse:

    Jeso, com certeza o saudoso Dom Tiago Ryan, deve estar muito triste com essa situação, foi um visionário acima de tudo, a agora Arquidiocese que por sinal é muito abrangente, devia fazer uma mobilização para manter esse patrimônio funcionando.

  • Mario disse:

    Ainda escuto a Rádio Rural, bem melhor que essas FM dominadas pelo arrocha.

  • Pedro disse:

    Infelizmente nossos políticos não estão sabendo atuar frente a pandemia com a crise econômica e financeiro decorrente daquela.

  • Juscelino disse:

    Que pena….A Rádio Rural foi uma emissora que contribuiu muito para que Santarém fosse o que é hoje. Lembro que ela já foi rádio mais ouvida no interior da Amazônia. Torço para que volte a ser grande e continue a cumprir seu papel: bem informar.