Prisão de carro roubado em Alenquer.O carro roubado era dirigido por um ícone da oposição em Alenquer

O delegado da Polícia Civil do Pará em Alenquer, Elinelson Silva, queimou a língua de seus detratores na cidade – aqueles que o acusavam de estar a serviço da oposição ao governo do atual prefeito Flávio Marreiro (PSC).

Há poucos dias, ele prendeu, sem titubear, Jailson Miranda (PT), uma das vozes mais estridentes da oposição na Câmara de Vereadores de Alenquer.

O vereador foi preso em flagrante a bordo de um carro roubado.

Só foi liberado mediante pagamento de fiança de 2 salários mínimos, conforme estabelece a lei.

O prefeito vibrou com a prisão.

Acredita que os efeitos políticos do episódio será um fardo que vai pesar por muito tempo nas costas do seu adversário.

Até hoje, no entanto, Marreiro não foi parabenizar o delegado pelo feito.

Leia também:
Prefeito versus delegado de polícia.

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

14 Comentários em: Delegado “queima” língua de seus detratores

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Anonimo disse:

    Ate onde sabemos aqui em alenquer a polícia civil conta apenas com um delegado, um escrivăo e um investigador para cuidar de mais de 59.000 habitantes. Imagina se fosse uma equipe maior, nao teriam espaço pra colocar tantos presos pois nossa cidade esta cheia de malfeitores. ..INFELIZMENTE…

  • Eita…deve ter muita gente grande e corrupta com os cabelos de molho na cidade ximanga…parabens a Autoridade policial e a todos os agentes da Autoridade…ai incluo policiais civis e militares…

  • luiz fernandes de oliveira disse:

    Maralice, você sabe e conhece nesta cidade, quem tem valor e fala a verdade real, muito obrigado, pois, você não deve nem me conhecer e parente não deve ser; a admiração seria maior. Crioulo Doido, tu deve ser tão insignificante e um zero à esqerda, que não vou te dá um …; sequer com mão de película. Se estás acostumado a dar, nada tenho a ver, cada um dá o que tem e gosta. Agora, sai da minha frente, se eu te descobrir; verás com quantos paus, se faz uma jangada ! “O respeito é bom, e eu gosto”. Começa a orar, mostra tua cara BANDIDO OU BANDIDA; infame ! Parido (a) de um excremento de uma Porca Q ronca e fuça. Te avisei, me respeita para que eu posso te respeitar, ou então será na …. Eu como tu, seu …

  • stm@hotmail.com disse:

    Nada contra o delegado mas quem esta realizando diversas operações na cidade de alenquer é a polícia Militar, inclusive foi a mesma que predeu esse vereador.

    1. Nao adianta a prisao ser feita pela Policia Militar se nao tiverem um delegado honesto, corajoso e competente para receber esta prisão… e sera dele (o delegado) a decisao em autuar em flagrante ou liberar o preso…e a Policia Militar de Alenquer nao tem do que reclamar pois tem um dos delegados mais competentes e corajosos de toda a região…nao importa quem prendeu…importa que foi preso…alem disso acredito que o delegado sequer cogitou receber os “louros” da prisao sozinho pois não o vi conceder entrevista a qualquer canal de comunicação local ou regional…PARABÉNS A TODOS OS POLICIAIS. ..SEJAM ELES CIVIS OU MILITARES..

  • Érique Figueirêdo disse:

    Conheço o trabalho do delegado Elinelson Silva. Ele toma medida impopulares sim, mas de sua integridade e a transparência em seu trabalho, disso ninguém pode duvidar.
    Erra feio, quem acredita que ele trabalhe a favor de grupos políticos. Os alenquerenses precisam se acostumar com a sua metodologia de trabalho.
    Em Óbidos, todos os casos presididos por ele, tiveram uma resposta. Parabéns a toda a equipe de policiais civis lotados na cidade ximanga.

  • Reinaldo disse:

    Conheço o Delegado Elinelson, homem integro, nunca se deixa corromper, e uma das maiores vontades dele é colocaro politico safado na cadeia. Parabéns delegado!

  • Anonimo disse:

    A varios anos desde o delegado anterior que Alenquer tem muitos carros roubados ou alienados a bancos vendidos em Alenquer.So que agora começaram a ser presos.Esse delegado e bom mas precisa aprofundar as investigaçoes para desbaratar a quadrilha.As vezes o comprador e vitima por ser incauto e nao verificar no Detran a legalidade dos veiculos.Alenquer tem proporcionalmente o maior numero de carroes principalmente camionetes.

  • eu disse:

    Não se esqueçam, que o trabalho começa com os Investigadores.

  • luiz fernandes de oliveira disse:

    Conheço este delegado, não fica mesmo a disposição e mando de prefeitos; cumpre à risca com seu dever de ofício. Ele colocou na cadeia, um vereador do PSDB da cidade de Curuá. Quando vou lá com ele na delegacia, até pra realizar perícia; tenho medo de ser preso e algemado. Posso ter um sósia malfeitor, ser confundido; cruz-credo. É tido como um homem honesto e não bajulador dos poderosos. Por isto, acho eu, logo será transferido denovo, para uma cidade pior que Alenquer; como castigo. O governo gosta mesmo é de puxasaquísmo e de subserviência aos seus caprichos. Não valorizam os que tem méritos e são dígnos dos DAS. Ser bajulador (a), neste país; ainda dá dividendos. Tá dito.

    1. Maralice disse:

      Caro luiz fernandes de oliveira, triste e real essa sua constatação” Ser bajulador (a), neste país; ainda dá dividendos”.

    2. Crioulo disse:

      Ei Luiz Fernandes, dá logo pra ele…
      Depois não vai bajular o Almeida, do O Impacto, para divulgar suas mágoas contra desafetos naquele semanário, como já é costumeiro.
      Cruz credo.

  • Anonimo disse:

    Jeso o delegado e bem melhor que o anterior.Mas precisa ir a fundo para descobrir quem vendeu o carro roubado para o vereador e vai descobrir que tem peixe grande na rede.

    1. Jeso Carneiro disse:

      Tem me saltado aos olhos a quantidade de ocorrência nos últimos meses relacionada a carros roubados em Alenquer. Não duvido nada da existência desse tal “peixe grande”.