Dormindo com o inimigo: base do prefeito de Óbidos elegeu presidente da Câmara
Prefeito, vice e vereadores eleitos no dia da diplomação: quais dos parlamentares são os traidores? Foto: Divulgação/Redes sociais

por Jeso Carneiro (*)

A surpreendente vitória da oposição para presidência da Câmara de Vereadores de Óbidos (PA), no último dia 1º, só se tornou possível graças à traição de ao menos 2 integrantes da base governista recém-eleita para Casa.

Quem? Não se sabe. Mas se desconfia.

 

Óbidos tem uma particularidade: não há formação de chapas fechadas para os 4 cargos da Mesa Diretora da Câmara – presidente, vice, 1º e 2º secretários. A votação é por cargo, individualmente.

Para presidente no biênio 2021-2022, por exemplo, o resultado foi: Jalico Aquino (PL), da oposição, 6 votos; Rylder Afonso, do governo, 5 votos, e ainda Mário do Mingote e Irmão Negão, governista e oposicionista, respectivamente, 1 voto cada.

Prefeito eleito, Jaime Silva foi vitorioso na eleição para o cargo com apoio de 2 partidos – MDB, ao qual está filiado, e PSD. As duas legendas elegeram, cada, 3 vereadores.

Esses 6 votos seriam suficientes para ao menos empatar a eleição para presidência da Câmara. O critério de desempate (vereador mais velho) daria vitória a Rylder (45 anos). Jalico tem 36 anos.

Sem o voto de Mário Mingote, que não cumpriu o acordo acertado de votação fechada em Rylder, somam-se apenas 4 votos governistas – considerando-se que Isamarc Soares (PSDB), da oposição, votou no candidato do governo.

 

Quem seriam os 2 traidores governistas?

Os 3 eleitos pelo MDB foram Carlinhos Guimarães, Mário do Mingote e Agostinho do Cumuru; e os do PSD: Rylder Afonso, Robson Sousa e Marcos Marinho.

Quem são os Judas que dividem a cama com o governo?


— * Jeso Carneiro é jornalista e editor-chefe do Blog do Jeso, que completa neste ano 16 anos de existência.

LEIA também: Oposição ganha a Câmara de Vereadores em quase metade das cidades do Baixo Amazonas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *