Helder acentua punição a parente de aliado tucano do prefeito Nélio Aguiar
Ney e Nélio (centro), agora aliados, em recente evento em Santarém. Foto: Reprodução

Helder Barbalho (MDB) acentuou ainda mais a punição administrativa a um parente de aliado do prefeito de Santarém, Nélio Aguiar (DEM).

O governador converteu a branda exoneração de Claudiomar Furtado do cargo diretor local da Ciretran em exoneração com teor muito mais punitivo, do tipo “a bem do serviço público”.

A decisão foi oficializada no diário oficial paraense na sexta-feira (11).

 

Claudiomar de Oliveira Furtado chegou ao cargo por ser sangue-do-meu-sangue do ex-vereador Ney Santana, candidato a prefeito de Santarém pelo PSDB na eleição de 2020. Ficou em 5º na disputa com 8 nomes (4% dos votos).

Adversários ontem, Nélio e Ney são aliados íntimos hoje. Com possibilidade, inclusive, do tucano ingressar no DEM, para virar a chave na sua trajetória política.

A exoneração de Claudiomar Furtado, o Mazinho, está umbilicalmente ligada à operação Bincagem Fantasma, deflagrada em junho 2018 pela Polícia Civil do Pará, com propósito de desmantelar um esquema criminoso dentro do Detran no oeste do Pará. Na ocasião, o primo de Ney chegou a ser preso.

O decreto de Helder

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

Um comentário em: Helder acentua punição a parente de aliado tucano do prefeito Nélio Aguiar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *