MP investiga namorada de secretário de Nélio que recebeu 10 meses sem trabalhar
O MP em Santarém investiga o suposto caso de improbidade administrativa do governo Nélio Aguiar. Foto: BJ/Arquivo

O MP (Ministério Público) do Pará iniciou investigações mais aprofundadas de um suposto caso de improbidade administrativa praticado no primeiro mandato da gestão (2017-2020) do prefeito reeleito de Santarém (PA), Nélio Aguiar (DEM).

O ato ímprobo investigado envolve a namorada de um secretário municipal à época que supostamente teria recebido salários durante 10 meses sem trabalhar. Ela estava lotada na pasta dirigida pelo namorado.

— LEIA AINDA: Após 49 dias do caso ser revelado pelo BJ, vereadora exonera namorado do gabinete

 

Diante dos fortes indícios de corrupção, no início deste mês (dia 1º) a 9ª Promotoria de Justiça de Santarém instaurou “procedimento preparatório” do caso, para ir mais a fundo nas investigações, que estão sob o comando do promotor de Justiça Diego Belchior Santana.

O procedimento tramita no MP sob sigilo.

O BJ (Blog do Jeso) apurou, no entanto, que nos 10 meses sem trabalhar a namorada do secretário municipal embolsou, em em salários, cerca de R$ 15 mil.


MP: processo sob sigilo


Ao assumir o cargo de prefeito em 2017, o médico Nélio Aguiar nomeou 11 secretários municipais. No transcorrer do mandato, várias mudanças foram feitas no primeiro escalão, por conta, por exemplo, das saídas dos titulares das pastas de Saúde (Semsa), Educação e Turismo (Semtur).

Na disputa eleitoral de 2020, Nélio foi reeleito, no segundo turno, em embate com a candidata do PT, Maria do Carmo Martins Lima, ex-prefeita de Santarém por 2 mandatos.

— LEIA AINDA: Nélio turbina contratação e salário de advogados; folha ultrapassa R$ 100 mil; veja os nomes

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

3 Comentários em: MP investiga namorada de secretário de Nélio que recebeu 10 meses sem trabalhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • JABAZINHO disse:

    É muita gente! Todos Aguiar e Portela da cidade estão na folha de pagamento: 1º, 2º, 3º, 4º grau de parentesco kkkk

  • Bonamigo Plácido de Souza disse:

    O SONSO, Nélio mostrando qual é a sua trajetória como da maioria dos políticos: perdendo a credibilidade o bem maior que um homem pode possuir. Manter a máscara por muito tempo, nem o “Máscara” aguentou…..

  • Manuel disse:

    Se o MP fizer pente fino em todas as secretárias, quem sabe encontra mais alguns fantasmas.