TAC obriga empresa doar à Polícia Militar aparelho que mede poluição sonora, decibelimetro

A Tomás Som e Almeida Serviços terá que doar à Polícia Militar do Pará um aparelho que mede o volume do som (decibelímetro) no prazo máximo de 60 dias, devidamente aferido pelo Inmetro.

A doação faz parte de acordo extrajudicial que resultou na assinatura de um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) proposto pelo Ministério Público do Pará, através da 10ª Promotoria de Justiça de Santarém, oeste do Pará, e acatado pela empresa.

O TAC foi oficializado ontem (28).

A empresa de som também se comprometeu, quando estiver prestando serviço, implementar todo aparato técnico e logístico necessário para proteger consumidores e vizinhança dos efeitos danosos à saúde humana nos locais dos eventos.

Leia também:
Liminar obriga prefeitura repassar à Caixa valores de empréstimos consignados

  • 36
    Shares

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

2 Comentários em: TAC obriga empresa doar à Polícia Militar aparelho que mede poluição sonora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *