Covid-19 contamina tripulação e interrompe viagem de navio-hospital
Navio-hospital Abaré: isolado na comunidade de Tauari, em Belterra. Foto: Divulgação

O navio-hospital Abaré, da Ufopa (Universidade Federal do Oeste do Pará), interrompeu bruscamente a viagem que estava fazendo a comunidades ribeirinhas da região após ser constatado o contágio por covid-19 de ao menos duas pessoas a bordo.

O Blog do Jeso apurou que o Abaré está isolado, de quarentena, na comunidade de Tauari, município de Belterra.

 

O atendimento aos ribeirinhos foi suspenso imediatamente após a confirmação dos 2 casos de coronavírus.

Todos que estão trabalhando no navio, entre os quais servidores da Semsa (Secretaria Municipal de Saúde), serão submetidos a teste rápido para avaliar a extensão do contágio.

A viagem do Abaré, de monitoramento do covid-19, deve prosseguir se o número de infectados for reduzido. As escalas previstas são comunidades de Aveiro, entre os dias 23 e 26, e Belterra, de 27 a 31 deste mês, segundo revelou uma fonte ao blog.

A Ufopa ainda não se manifestou oficialmente sobre o caso.

Contaminação: covid-19

Participam da expedição enfermeiros, técnicos de enfermagem, farmacêuticos, laboratoristas, além da equipe responsável pela navegação do navio.

Procurada, a assessoria da Prefeitura de Santarém confirmou a contaminação. E disse que deverá se manifestar oficialmente sobre o caso ainda nesta terça-feira.

Nota da Ufopa

A Universidade Federal do Oeste do Pará informa que, no último dia 14 de julho, o Navio Hospital Escola Abaré saiu de Santarém com destino às 44 comunidades da região do rio Tapajós pertencentes a Santarém.

Devido a uma das enfermeiras manifestar os sintomas da Covid-19 durante a viagem, foram realizados testes do tipo PCR em todos os embarcados, resultando disso duas pessoas com diagnóstico positivo.

Deste modo, o Abaré foi colocado em quarentena. A equipe de saúde da Secretaria Municipal de Santarém retornará hoje, 21, três dias antes do término da primeira parte da missão.

Novos testes foram realizados para verificar a possibilidade das equipes do PSA e dos servidores da Ufopa continuarem a expedição nos municípios de Belterra e Aveiro, prevista para iniciar-se no dia 24.

O Abaré passa por sanitização diária e as equipes mantêm rigoroso protocolo para evitar a propagação do vírus. A Ufopa esclarece ainda que, de acordo com o Comunicado 02/2020 do Grupo de Trabalho Técnico-Científico de Enfrentamento do Coronavírus (Covid-19), a tripulação e a equipe de saúde foram testadas para a presença de Covid-19 antes da partida do Abaré de Santarém.

O início da viagem foi autorizado após a liberação dos resultados dos exames da tripulação e da equipe, que foram negativos. Todas as ações são precedidas de higiene da equipe e da embarcação, em atendimento às orientações do Ministério da Saúde e da Organização Mundial de Saúde (OMS). Durante os atendimentos dos profissionais, há uso permanente de equipamento de proteção individual (EPI), incluindo máscaras do tipo face shield, fabricadas pela Ufopa.

Ainda para manter a proteção de todos, o Abaré fica ancorado distante das comunidades. A equipe de profissionais de saúde presta atendimento em terra, e embarcações como lanchas são disponibilizadas para apoio nos deslocamentos.

Santarém, PA, 21 de julho de 2020.

HUGO ALEX CARNEIRO DINIZ, Reitor da Ufopa


P.S.: Matéria atualizada às 15h42 para inclusão do contraponto da Ufopa.

LEIA também: Santarém chega a 305 mortes por covid-19; videomaker, Jorge Cohen é a nova vítima

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

2 Comentários em: Covid-19 contamina tripulação e interrompe viagem de navio-hospital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *