Governo decide manter lockdown no Baixo Amazonas e Calha Norte por mais 7 dias
O lockdown nas duas regiões deve permanecer pelo menos por mais 7 dias. Foto: Arquivo BJ

Após reunião na tarde desta quarta-feira (10), entre gestores do Projeto Retoma Pará, que envolve várias secretarias, o governo estadual decidiu manter as medidas restritivas de bandeiramento na cor preta na região do Baixo Amazonas e Calha Norte. Já são 10 dias de lockdown na região.

A medida, que deve durar por pelo menos mais 7 dias, foi adotada devido ao alto número de internações de pacientes com covid-19, ainda registrado no Baixo Amazonas.

 

Para garantir assistência à população, nesta quarta-feira também foram abertos mais 10 leitos de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) no Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA), atingindo 61 leitos de UTI na unidade, além de 35 clínicos.

O governo também confirmou mais 9 casos da nova variante de covid-19 em Santarém, Óbidos e Monte Alegre, todos no oeste do estado. O Pará já contabiliza 11 casos confirmados da nova variante.

Com o lockdown, os 14 municípios suspendem todas as atividades não essenciais e restringem, ao máximo, a circulação de pessoas. São eles: Alenquer, Almeirim, Belterra, Curuá, Faro, Juruti, Mojuí dos Campos, Monte Alegre, Óbidos, Oriximiná, Placas, Prainha, Santarém e Terra Santa.

LEIA também: Parlamentar de Alenquer não resiste à covid-19 e morre em UTI de Itaituba

Os municípios em bandeira preta, indicando zona de contaminação aguda, devem manter suspensas as aulas presenciais nas escolas públicas e privadas. No caso das escolas particulares, o decreto permite aulas presenciais somente a partir da bandeira laranja.

O Estado já forneceu aos municípios 645 cilindros de oxigênio para dar suporte às unidades de saúde.

 

Desses, a região oeste recebeu 505 cilindros. Entre os municípios alcançados estão Alenquer, Almeirim, Belterra, Curuá, Faro, Itaituba, Juruti, Mojuí dos Campos, Monte Alegre, Óbidos, Oriximiná, Prainha, Rurópolis, Santarém e Terra Santa.

Também está prevista a chegada de uma usina de oxigênio a Juruti para reforçar o abastecimento.

Com informações da Agência Pará


📹 Assine o canal do Blog do Jeso no Youtube, e assista a dezenas e dezenas de vídeos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *