Pará e mais 13 estados aprovam a efetivação de Pazuello no Ministério da Saúde

Quatorze secretários estaduais de Saúde (ou outros representantes dos estados, como governadores) disseram aprovar a efetivação de Eduardo Pazuello (Saúde) como ministro, informa a Folha de S. Paulo.

O general deixou de ser interino para se tornar titular da pasta na quarta (16). AP, PE, DF, MA, PB, PA, MS, MG, RS, GO, ES, SP, RN e BA ratificaram a escolha de Pazuello, segundo o jornal paulista.

 

Os secretários dizem que a estabilidade ajuda o SUS e que Pazuello tem sido solícito e organizado no combate à pandemia.

Para eles, os principais desafios do ministro serão a manutenção do legado pós-Covid-19 e o apoio na resolução das filas de procedimentos represados em 2020, como as cirurgias eletivas.

Como mostrou o Painel [coluna da Folha de S. Paulo], o número de leitos de UTI mais que dobrou em diversos estados ao longo da pandemia.

LEIA também: Insegurança alimentar atinge mais de 60% de famílias no Pará, diz IBGE

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

Um comentário em: Pará e mais 13 estados aprovam a efetivação de Pazuello no Ministério da Saúde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *