Preso o pistoleiro acusado de matar prefeito de Tucuruí e empresário em Itaituba, Bruno, preso hoje em Belém

Bruno no momento em que foi preso hoje, no aeroporto de Belém

O pistoleiro Bruno Marcos de Oliveira foi preso na madrugada desta terça-feira,5, no aeroporto de Belém, quando se preparava para viajar para São Paulo. A informação é do portal Pará News.

Ele é acusado de ter assassinado o prefeito de Tucuruí, Jones William, e o empresário Albenor Sousa, em Itaituba. Foi preso com documentos falsos em nome de Anderson Barros do Nascimento.

Bruno também teria executado várias pessoas nas cidades de Novo Repartimento, Uruará, Placas e Pacajá, todas no Pará.

Para a polícia, segundo o Pará News, Bruno confessou ter executado o empresário Albenor Sousa, assassinado no último dia 24 de julho com dois tiros na cabeça.

3 facetas de Bruno

Tres facetas de Bruno: retrato falado, mais magro e preso hoje em Belém

Câmeras de segurança registraram o crime e ajudaram a identificar tanto Bruno Oliveira como Carlos Alberto Sousa. Veja o vídeo no final da reportagem.

Bruno também assumiu a autoria de pelo menos 20 assassinatos, a maioria na região de Novo Repartimento.

Ele nega, porém, ter participado da morte do prefeito de Tucurui, Jones William, executado na tarde do dia 25 de junho, quando vistoriava obras no condomínio Cristo Vive, no centro da cidade.

Documentos falsos de Bruno

A identidade falsa que estava em poder de Bruno

Para a polícia, não há dúvidas da participação de Bruno na execução do prefeito, embora ele esteja negando. A polícia entende que a negativa é estratégia do acusado para não revelar o nome do mandante.

A prisão do pistoleiro foi realizada por policiais da Divisão de Homicídios da Polícia Civil do Pará, com apoio de agentes da Polícia Federal.

Os policiais notaram que Bruno estava muito nervoso e o prenderam minutos antes do avião decolar, sendo que ele já estava na sala de embarque.

  • 102
    Shares

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

5 Comentários em: Preso o pistoleiro acusado de matar prefeito de Tucuruí e empresário em Itaituba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Afonso disse:

    Parabéns a polícia do Pará. Nós temos certeza de que todos serão presos e julgados por esse crime terriv e imperdoável.

  • Oseas ARAUJO PEREIRA disse:

    Qualquer um podia identificar este RG como documento falso.
    Por um único detalhe

  • Mario Cordeiro disse:

    O trabalho policial esra coroado de êxito. Parabéns a esses heróis. Agora vai depender tambem do bom trabalho da nossa ” justiça “.Pois este elemento no mínimo terá q ficar na prisão por cem anos. Mas….

  • paulo disse:

    Agora resta saber dos mandantes. Ele não veio de outra região para matar alguém por rixa própria. Alguém o contratou

  • Adaias Torres disse:

    Ótima reportagem…. Parabénms pelas informações claras…

    E que este mosntro pague pelos seus crimes e ainda dedure os mandantes.