Simão Jatene: segurança pública pífia

Sequestro, volta dos crimes de pistolagem, fugas espetaculares de presidiários, “central telefônica” funcionando a todo vapor dentro de Cucurunã, taxa de homicídios nas alturas… Santarém virou refém do crime. Quando, afinal, a gestão da segurança pública do governo Simão Jatene, já com dois anos de mandato, vai começar a operar no município?

  • 3
    Shares

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

33 Comentários em: Não quer calar

  • Não pode ser a mesma DOUTORA !!! , como pode ? Não pode ? éÉ aquela perita legista do CPC – Renato chaves que está no Estágio probatório ou pombatório ? ?? Quero saber. Esse Alexandre ” O BOM “, será pior e muito pior do que sua antecessora …. Cruz x Credo.

  • Jeso, faz uma matéria esclarecendo os motivos do concurso PM/PA está parado… mais de 2 meses sem noticias… os candidatos estao precisando da imprensa!!

  • Caro Jeso,

    Não é surpresa pra ninguém, desde que Jatene assumiu o governo, a violência recomeçou e já pelo campo. Crime de pistolagem é comum em governos tucanos. Não é só aqui, estive em Bragança por duas semanas nos festejos do final do ano, visitei o interior rural, me senti na periferia,em pleno campo as mercearias são gradeadas, todas por onde passei a pessoa te atende por uma janelinha, tal qual como nas cidades.
    Jeito demo tucano de governar.

    Chico Corrêa

    • Também nego a tua ex governadura em apenas 4 anos conseguiu a façanha de deixar o estado com números recordes de crescimento da violência. Só em homicidios os números saltaram de 30 homicidios para cada grupo de 100 mil habitantes pára 49 homicidios para cada grupo de 100 mil habitantes. ESCÂNDALO!!!!!!!! O número aceito é de 10/100000. Vai demorar pra consertar as c… que a ex governadora fez fez, conseguiu em apenas 4 anos oque 4 governadores não conseguiram juntos.

  • A verdade é: O PARÁ NÃO TEM DINHEIRO SUFICIENTE PARA SEGURANÇA. Alguem da UFPA, UFOPA, UNAMA, UBRA, ETC… deveria estudar os números sociais deste Estado a partir de 1997, LEI CANDIR, e veremos a ladeira que estamos descendo.

  • Deputado, as indicações para o presídio de Cucurunã foram feitas pelo atual prefeitio Alexandre Von e Dep. Lira Maia. Os indicados não tem qualificação para os cargos. Uma grande bomba a nível de PF estará estourando naquele presídio, relativo a escolaridade dos mesmo. Aguardem!

  • Antes de fazer proselitismo seria bom verificar os números. Santarém está longe de ser uma Rio Maria dos anos 80 ou uma São Paulo dos inicio dos anos 90. É bom dizer que quando a governadora Ana Júlia assumiu o estado os números de homicidios no Pará eram de 30.4/100.000, acima da média nacional que era na época de 25.2/100.000 e já era um escândalo. O número aceitável é de 10/100.000. Quando a governadora deixou comando do estado esses números tinham saltado para 45.9/100.000 e até então esses números eram preliminares. Os números da violência em Santarém está muito muito longe dos números citados acima.

    • Ana Júlia já deixou o governo há 2 anos. Foi derrotada por fazer mto pouco, e Jatene, eleito, por promessas e mais promessas, por prometer um Pará menos violento. Será que já não tá na hora do governador mostrar para que veio, João Pedro?

  • Anderson votou no Jatene. Qualé cara? Bla..bla…bla.

    • Anônimo, deixa de ser covarde, mostra a tua cara. Votei no Jatene, mas não tenho nenhuma obrigação de defendê-lo; aliás, penso que o político que faz o bem merece aplausos, do contrário críticas e opiniões adversas ou até sugestões para melhorar. Sempre coloquei minhas opiniões e assinei embaixo, pois tenho certeza de que o anonimato é a moradia da covardia, do medo, da indecisão, dos idiotas e dos fracos como você.

      • Estou me apresentando com nome, apelido e e-mail, só não mostro a cara porque é “feia”.. rs rs rs.
        Mas meu caro, qual o Anderson que está aqui? Em um comentário as 11h43m nesta mesma postagem, você diz que não vota para governador em candidato do parazinho. Aqui você diz que votou no Jatene. Isso é coisa de tucano ou você esqueceu em que votou?

        Chico Corrêa

  • Estao vindo 2 delegados de Belem para ajudar nas investigaçoes. Ainda falam q nao falta delegado, estamos “importando” delegados pq somente em Santarem um delegado tem sobrecarga em media de 50 inqueritos a serem concluidos…isso sem falar das outras cidades da regional do baixo amazonas q ou nao tem delegado ou nas q tem tb estao sobrecarregados inclusive cobrindo 2 ou mais delegacias!

    • Não sei não, mas essa informação está erradíssima meu colega.
      tem delegado que tem muito procedimento por concluir, mas por culpa dele mesmo, pois é relapso e preguiçoso. e ora que tem muito escrivaõ e até investigador que faz tudo pra delegado.
      conheça a realidade da policia santarena e reveja seus conceitos.
      esses 16 delegados “subjudice” que o Valter se refere em seu comentário foram os que não passaram e nem tiveram condições de passar legalmente pela porta da frente e querem entrar pela porta dos fundos ou pela janela como tantos outros já entraram na policia e hoje empinam o nariz e cantam de galo no terreiro que nunca lhe pertenceu e as baixam a cabeça de vergonha quando se fala em aprovação por concurso publico na policia civil.

      • Amigo saia do amadorismo e cite o nome dos delegados preguiçosos…tenha coragem e mostre sua cara! Então vc está dizendo que o sr Juiz Marco Antonio Lobo Castelo Branco não é digno do cargo já que foi ele que julgou procedente o mérito da ação? É isso amigo, esse juiz brinca com suas decisões já que não são merecidas??
        Cite tais delegados preguiçosos para que a corregedoria puna-os de maneira exemplar e acima de tudo mostre sua cara de cidadão e não de covarde…
        Em Santarém conheço todos os delegados e são todos dignos do cargo e desempenham um ótimo trabalho apesar de o Estado não dar condições necessárias ao trabalho deles….

  • Este é o apoio que temos do governo do estado no quesito segurança….e para piorar o novo prefeito extingue a Secretaria de segurança cidadã, mostrando que segurança pública pouco importa ou pior contando com apoio do governador, mesmo sabendo que este por aqui, só faz promessas…..muito triste e lamentável, nos resta rezar.
    Segundo o Alexandre von, ele terá o apoio do Governo do Estado….é esperar sentada, pra ver….porque o da Dilma, ele dificilmente terá.

  • Não estou aqui defendendo o governo da Ana Julia Carepa. Ela deixou mesmo a desejar. Porém, a bandeira do Jatene na campanha pra governador foi a falta de segurança e o caos em Belém, cuja única culpada era a governadora. Santarém, na época foi considerada em pesquisa publicada na revista VEJA, uma das cidades mais seguras do país, exaltando a polícia tanto civil, quanto a militar. Quando viajo a Belém, escuto e sinto das pessoas o mesmo medo, a mesma falta de segurança. Santarém piorou. Agora temos até sequestro. E ai, quem o governador vai culpar? Não sou filiada a nenhum partido político Voto sempre no candidado em quem acredito. Eu não votei no Jatene porque não acreditei que ele realmente tivesse compromisso com Santarém. Nunca teve e com certeza na sua reeleição, voltará aqui, inaugurará algumas obras e o povo novamente esquecerá tudo.

  • Meu Caro Amigo Jeso,

    nenhum governo do parazinho gosta de Santarém e do Oeste do Pará, pois continuamos com problemas no abastecimento de água, a infraestrutura viária é vergonhosa, nossos portos, nossos jovens não têm trabalho, emprego ou renda, enfim, nos últimos governos e nos dois anos do autal governador Jatene a realidade se mantém a mesma e depois a turma de Belém não sabe porque queremos cair fora do parazinho. Eu, sinceramente, não voto em ninguém de Belém ou do parazinho para governador.

  • Jeso aproveito o ensejo para contar uma situação que os moradores dos bairros Mapiri, Liberdade Caranazal e Laguinho estão passando, a volta de grupo de indivíduos que brigam pelas ruas e praticam assaltos, são as tão “afamadas” gangues. Desde a metade do ano passado já são muitos casos que nem chegam à policia porque a mesmo faz vista grossa e só chega praticamente uma hora depois do fato ocorrido. Gangues como “Fronteira”, “Cabral” e “Pracinha” ressurgem aos olhos das autoridades que não fazem nada. E os indivíduos andam com armas à mostra pelas ruas e ameaçando e deixando a população com medo. Há alguns anos que estávamos em paz e com bons projetos em andamentos como a Guarda Mirim AMbiental e espaços de práticas de esportes como o Campo da Vera Paz, Ginásio da Cidadania (mapiri). Porém o ginásio fica apenas para pessoas de fora da comunidade que podem pagar pelo aluguel da hora (dinheiro que a maioria desses jovens não possuem) e os Campos não podem ser usados por decisão da UFOPA. Sei que pesquisas na área são importantes, porém estamos sofrendo por um mal maior que é a violência e inclusive pessoas já foram assassinadas na área…Uma pena. Espero que a população não se cale diante de mais esta situação e o governo do estado coloque em prática sua política para acabar com a violência porque até agora só estamos vendo os crimes aumentarem em Santarém.

  • Jeso, violência jamais será resolvida com ingresso de mais delegados, nem mais concurso para a PM.
    Precisa ser encarada, dentro tantas medidas:
    1- Com a melhora do ensino, possibilitando também inclusão de matéria de cidadania;
    2-Cursos técnicos que permitam ao jovens o ingresso no mercado de trabalho, assim se tem qualidade associada a geração de renda, evitando de tantos jovens ficarem desocupados;

    3-Programa social de acompanhamento familiar, não basta ser fornecido bolsa família, preciso que os pais assumam a criação dos filhos, sob pena de perder o benefício público (a exemplo do que acontece fim de ano, na everaldo martins, em que pais permitem as crianças ficarem medigando, dentre essas há famílias beneficiadas com bolsa);
    4-Preparação técnica e equipamento para os profissionais da área de segurança pública, principalmente possibilitando aperfeiçoamento;
    5- Interação da polícia civil e militar com as secretarias municipais de promoção e assistência social, pois assim, na origem do problema ( adolescentes e crianças em risco) poderia se tentar inclusão e acompanhamento em um programa que também abrangesse a família.
    Enfim, muitas são as possibilidades, poderemos enfrentar o problema, desde que não seja partidarizado politicamente, preciso ser compreendido de forma técnica e principalmente ser trabalhado como programa de Estado (continuidade de ações que deram certo, mesmo tendo o governo mudança da sigla partidária) e não de governo.

    • Educação e trabalho são os maiores antídotos para tôda violência que grassa em nosso município.O resto é balela.Antônio, concordamos plenamente.

  • Ja leu a revista “veja”, de outubro de 2011, as taxas de homicidios esclarecidos diminuiram, agora se houvires o ‘rota 5’, e tempestade em copo d’agua.

  • Quem será o responsável pela indicação e contratação dos servidores da penitenciária de Cucurunã?

    Alguém responde!

    rrsrsrsrsrsrsrsrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr

  • Putz Jeso….

    Que pergunta mais esdruxula …..

    O Governo do Parazinho já está operando

    E não só no setor da Segurança Pública, nas demais áreas também !

    Helenilson Pontes e Nélio Aguiar que o digam !

    Tiberio Alloggio

  • Santareno vota no partido dele. Toma-te.
    Não tem jeito pra santarem é não e não.

  • Jeso, em Santarém temos em média 16 delegados, candidatos subjudice, com decisão de mérito na mão do concurso de 2009 esperando para fazer a academia de polícia e o Sr. Governador não atende à decisão judicial.
    Enquanto isso o déficit de delegados na superintendência do Baixo Amazonas é bemmm alta, por isso o numero elevado de crimes que sobrecarregam cada vez mais os poucos delegados que estão operando!!
    Lembrando que o nosso vice governador “santareno” Helenilson Pontes está a par dessa situação pois ele têm documentos em mãos com as decisões do juiz e uma lista com o nome dos subjudice e nada faz!

    • Quantos escrivãos tem em santarém para essa quantidade de delegados. Santarem precisa de escrivaos e investigadores e nao de delegados. essa é a realidade. essa é que é a verdade.

      • Delegado só faz assinar e muito mal.

        • A grande maioria dos delegados de Santarém não foram aprovados em concurso, mas sim presenteados com liminares absurdas que lhes garantiram o cargo. Fiquei sabendo que os três menores criminosos de Alter foram liberados pela justiça devido a uma falha no procedimento feito pela PC.

          • Caro joao tu parece ser uma pessoa frustada. Tu só comentas desejando o mal p/ os outros. Todos os delegados sao dignos de seus cargos e muitos deles já foram investigador e escrivao entao nada mais justo q tenham ascençao profissional. se entraram subjudice tem seus motivos para isso nao é vc q vai julga-los e sim a justiça. Deixe a frustacao de lado erga a cabeça e deixe brotar a paz em sua vida.

    • Esses candidatos não conseguiram nota suficente para serem aprovados, deferiam estudar mais para passar no próximo concurso. Empossar candidatos não aprovados é histórico no Pará, é por isso que a policia é despreparada. Essa decisão é absurda e ainda não transitou em julgado, o Estado tem o direito de recorrer.

  • O pior é q quando acontece esse tipo de crime em santarem eles vem pra frente das cameras e dizem q foi um caso isolado como se nunca fosse acontecer novamente.

  • Pelo q o prefeito alardeou na sua campanha, logo logo seremos o municipio mais seguro, mais limpo, mais asfaltado, cm a saude funcionando a cem por hora e a infraestrutura da cidade perfeita. Tenhamos paciencia q esse dia esta chegando. Ah, so informar: a Dra. Valdenira continua consultando no seu local particular de trabalho, e ela q criticava tanto o outro secretario….. qm viver ainda vera coisas mto piores acontecer. E o retorno da Republica do Cipoal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *