No Estadão Online:

Seis pessoas morreram e catorze ficaram feridas no desabamento de uma plataforma, por volta das 14h30 desta segunda-feira, 5, em uma fábrica de cimento [Itacimpasa, ex-Caima] próxima a Itaituba, a 1.626 km de Belém (PA).

Os feridos foram levados para o Hospital Municipal e foram transferidos, de avião, para Santarém, localizada a 1.520 km de Belém (PA).

Segundo o Corpo de Bombeiros, as vinte vítimas eram funcionários terceirizados de uma empresa de engenharia contratada pela fabricante de cimento Itacimpasa, localizada a 32 km de Itaituba, para construir a plataforma. Os bombeiros não souberam informar o nome da empresa terceirizada.

Os trabalhadores estavam em cima da plataforma, que desabou de uma altura de 50 metros. De acordo com os bombeiros, a obra, que começou ontem, havia apresentado problemas na manhã de hoje. Um funcionário teria avisado o engenheiro responsável que ouviu estalos na construção, mas o engenheiro teria ignorado o aviso e mandado seguir os trabalhos.

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

2 Comentários em: 6 mortos e 14 feridos no desabamento em Itaituba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • C. Roberto disse:

    Alem dos PEritos, deve-se investigar tambem como pode uma empresa com mais de 500 funcionariso não ter na fabrica um Medico do Trabalho?? na hora do acidente, apenas 02 Auxiliares de enfermagem estavam lá “tentando” dar os primeiros socorros. Infelizmente foi Uma tragedia anunciada, a estrutura se abriu no DOmingo, deu sinais de desabamento, mas infelizmente o COrpo técnico não deu atenção. QUando o madeirame se abriu (isso mesmo, usaram madeira numa estrutura de mais de 30 metros) os operarios avisaram, mas os REsponsaveis da Obra suspenderam com um Guincho e “remendaram” e mandaram que os operarios voltassem ao trabalho, colocando em risco a vida de todos, e infdelizmente se concretizou. A empresa possui 01 Engenheiro de Segurança e 04 TEcnicos de Segurança, e ninguem viu isso, nada foi feito para evitar a tragedia. Muitos erros foram cometidos, regras foram quebradas. E para piorar mais ainda a maioria dos funcionarios não tem carteira assinada, estavam ilegalmente trabalhando lá. Não se pode adimitir como uma fabrica dessa aceita e acoberta tudo isso. Infelizmente a imprensa local não divulga essa parte, talvez por desconhecimento, mas tem muitos que podem afirmar isso, o Estadoão On-line, de São Paulo, divulgou mais do que a imprensa local sobre isso. Infelizmente foi uma tragedia anunciada.
    o MInisterio do Trabalho tambem precisa investigar tudo isso.
    C. Roberto.

  • kadafi disse:

    Infelizmente, isso é apenas o começo da catastrofe que será pra nós, com a construção da Belo Monte