Cover do cantor Cazuza é proibido de fazer show no Brasil

Publicado em por em Arte, Justiça

Cover do cantor Cazuza é proibido de fazer show no Brasil
Cazuza morreu em 1990. A decisão contra o cover foi proferida pela Justiça do RJ. Fotos: Reprodução

A 13ª Câmara Cível do Rio de Janeiro proibiu o artista niteroiense Valério Damásio de Araújo de continuar se apresentando como cover de Cazuza (1958-1990). A informação é do jornalista Ancelmo Gois, de O Globo.

A ação, segundo o jornalista, foi movida pela mãe do cantor, Lucinha Araújo.

Esquema criminoso: Os 6 crimes cometidos pela gestão do prefeito Doca que levaram o Gaeco a Terra Santa.

Valério já tinha perdido em primeira instância, mas continuou se apresentando pelo país. Agora, caso descumpra a decisão, terá de pagar indenização de R$ 5 mil a cada apresentação.

Para se apresentar como Cazuza, o “cover” precisa de autorização da empresa que cuida da obra do falecido cantor e pagar os “royalties” pelos shows que percorre o país ou na internet.

Morte

Em outubro de 1989, Cazuza foi para Boston (EUA), onde ficou internado até março de 1990, e morreu no dia 7 de julho de 1990, em decorrência de um choque séptico causado pelo HIV, aos 32 anos.

A mãe de Cazuza foi quem ajuizou a ação contra o cover de Niteroi

Com informações de O Globo e redação do JC

— O JC também está no Telegram. E temos ainda canal do WhatsAPP. Siga-nos e leia notícias, veja vídeos e muito mais.


Publicado por:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *