Terra Santa, Belterra, Monte Alegre, Óbidos, Curuá e Alenquer em 6 notas curtas
Alfaia (centro) cercados de milicos: ficha corrida. Foto: facebook

♦ Óbidos. Milicos entregam UBS

Ninguém até hoje entendeu por que milicos do Exército fizeram questão de entregar pessoalmente há poucos dias a UBS fluvial — custeada com dinheiro da União — à Prefeitura de Óbidos. Será que eles temiam que a embarcação rumasse para Goiânia (GO), tal como aconteceu com uma ambulância? Ou por que a atual gestão tem nas costas uma operação da PF na área da Saúde?


Belterra. Contas reprovadas do PT

A Câmara de Vereadores reprovou, por 5 votos a 4, as contas de 2005 do ex-prefeito Geraldo Pastana (PT). A votação foi realizada nesta terça-feira (16). Um vereador se absteve. Votaram a favor: Tinen (PT), Braga dos Povos (PT), Júnior Rocha (MDB) e Professor Helivelton (PT). Pastana declarou que vai à Justiça por irregularidades na condução do processo, dirigido por Serjão (DEM), presidente da Casa, governista e ferrenho opositor do PT.

 

Terra Santa. Chapa fechada

O Patriota definiu sua dobradinha a prefeito e vice. A chapa puro sangue, a ser oficializada ainda em convenção, é encabeçada por Natanael Oliveira, que tem como vice Hermes Godinho Filho. O pecuarista de 67 anos teve até agora uma única participação em eleições: em 2004, pelo PSDB, como candidato a vereador. O partido também já formatou e apresentou à sociedade o seu plano de governo.

Hermes Filho: vice do Patriota em Terra Santa

♦ Monte Alegre. Jardel na parede

O Ministério Público do Pará comunicou à Justiça que até agora o prefeito Jardel Vasconcelos (MDB) ainda não cumpriu a decisão de divulgar no portal da prefeitura os gastos que ele tem feito com recursos recebidos da União e do Estado do Pará para prevenção e combate à Covid-19 no município. O promotor Diogo Santana cobrou o imediato cumprimento da decisão judicial. Neste link, a petição do MPPA.


Curuá. Candidato do governo

Lançada no final de semana a pré-candidatura a prefeito de Cícero Santos, o Xuxa (PT). Ele será o nome da máquina governista para a disputa eleitoral deste ano. Ocupa o cargo de vice-prefeito atualmente e, por isso, deve herdar toda a rejeição enorme que o prefeito Zé da Marta (MDB) carrega.

 

Alenquer. Exonerada por traição

Caiu gente graúda do primeiro escalão do governo Josino Costa (PP). Exoneração por traição. Maria do Rosário Bentes não é mais titular da Semed (Secretaria de Educação). Ela chegou ao cargo por indicação do presidente da Câmara de Vereadores, Betão, cujo partido (DEM) fechou apoio à candidatura a prefeito de Mauro Bastos (PSC). Candidato à reeleição, Josino Costa sentiu-se traído – e foi à forra.

LEIA também: Sespa tem novo secretário adjunto; Cassol caiu depois da operação da PF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *