Covid-19: Juruti, Terra Santa, Óbidos, Belterra, Oriximiná e Rurópolis em 6 notas curtas
Jovens da periferia abordados na Serra da Escama pela polícia. Foto: rede social

➽ Juruti. “Enxugando” a folha

No exercício do cargo de prefeito por cerca de 10 dias, o vice-prefeito West Lima não teve tempo de comprar um único respirador mecânico para o hospital do município. Mas… contratou advogado por R$ 14 mil para serviços de 1 mês. Grana suficiente para pagar no mínimo 2 secretários que West demitiu para “enxugar a folha”.


Terra Santa. Negativo no teste rápido

O prefeito Doca Albuquerque (PSD), transferido com urgência neste sábado para Manaus, a fim de se tratar de covid-19, testou negativo para doença em um teste rápido que se submeteu dias antes em Terra Santa. Ele embarcou para a capital do AM com todos os sintomas da doença.

 

➽ Belterra. Pulmões infectados

Hospitalizado em Cuiabá, o médico Paulo Henrique Oliveira foi imediatamente entubado assim que chegou em Mato Grosso, onde recebe tratamento contra o novo coronavírus. Os pulmões do clínico geral chegaram com quase 100% infectados pela doença. Seu estado de saúde ainda é grave.


➽ Oriximiná. Mãe e filha com corona

Duas moradoras da comunidade Santo Antônio do Abuí, no Alto Trombetas, testaram positivo para covid-19, segundo a MRN. As infectadas (mãe e filha) estão em isolamento no hospital mineradora, em Porto Trombetas.


Óbidos. Pesos e medidas

Barreira sanitária em Óbidos pode ser furada com aval do prefeito Chico Alfaia (PL). Mas tomar banho na praia dos pobres, na Serra da Escama, não pode. Nesse caso, chama-se a polícia para cumprimento das medidas restritivas. Dois pesos e medidas diferentes.


Rurópolis. Lockdown a partir de 3ª

Com quase 90 casos de covid-19 confirmados, dos quais resultaram em 2 óbitos, Rurópolis vai enfrentar medidas mais duras nos próximos dias contra a doença. Na terça-feira (2), por decreto já assinado pelo prefeito Taká Padilha (MDB) , o município entra em lockdown. Só as atividades essenciais funcionarão. Bebidas alcoólicas no período estarão proibidas. Abaixo a íntegra do decreto.

LEIA também: Fraude de R$ 2 milhões pode provocar novo bloqueio dos bens do prefeito de Óbidos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *