Royalties da bauxita da Alcoa Juruti para Acorjuve rompe a marca de 55 milhões, bauxita
Pelota de bauxita

A marca dos R$ 55 milhões dos royalties repassados pela Alcoa à Acorjuve (Associação das Comunidades de Juruti Velho), em Juruti, foi quebrada.

Desde que a mineradora, em 2009, depositou o primeiro pagamento, por participação nos resultados da lavra de bauxita em Juruti, até março deste ano já caíram na conta da associação R$ 55,6 milhões.

As cifras são da Alcoa.

 

Nesse mesmo período, a União repassou aos cofres do município, relativo à CFEM (Compensação Financeira por Exploração Mineral) R$ 77 milhões.

Leia também:
Alcoa atualiza total de royalties repassados para Acorjuve: 43,1 milhões

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

Um comentário em: Royalties da bauxita da Alcoa Juruti para Acorjuve rompe a marca de 55 milhões

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Pai segue disse:

    Amigo jeso carneiro AONDE foi parar toda esta grana, COMO também as casas que o Incra liberou e a ACOJURVE não FEZ, parece que existe uma proteção por parte do judiciário no caso destas casas ,o MPF manda prender todo mundo MAIS o PODEROSO CHEFÃO GEDENOR É INTOCÁVEL