TCM deve fazer auditoria nas contas de 2021 de Oriximiná a pedido de Argemiro

Publicado em por em Contas Públicas, Oriximiná

TCM deve fazer auditoria nas contas de 2021 de Oriximiná a pedido de Argemiro
Daniel Lavareda (centro) e Argemiro (à dir.) com os demais participantes da reunião em Belém, no TCM. Foto: Facebook

Contas e contratos da Prefeitura de Oriximiná (PA) de 2021, gestão do ex-prefeito cassado Willian Fonseca (PRTB), passarão por um pente fino a ser feito pelo TCM (Tribunal de Contas dos Municípios) do Pará.

A inspeção e auditoria foi proposta pelo prefeito Argemiro Diniz Filho, vice-prefeito eleito e atual ocupante do cargo desde outubro passado, em encontro na quinta-feira (9) com o conselheiro Daniel Lavareda, do TCM, em Belém.

— LEIA: Estudantes de Oriximiná sob ameaça de despejo por dívida deixada por ex-prefeito cassado.

O pente fino se faz necessário, segundo Argemiro Filho, o Argemirinho, em decorrência das evidências de inúmeras e graves impropriedades identificadas em atos de gestão na Prefeitura de Oriximiná, especialmente em contratações de obras, compras e serviços.

Assim como também o aumento exponencial da folha de pessoal no exercício de 2021, o que contraria a Lei Complementar 173/2020.

Participaram também da audiência em Belém Chaieny Godinho (Procuradora de Oriximiná), Cleisiane Batista (Controladoria Interna) e o advogado Nelson Diniz.

Com a inspeção do TCM, a ser feita in loco, Argemiro Diniz pretende a reorganização administrativa e financeira da Prefeitura de Oriximiná.


Publicado por:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.